Publicidade

O Manchester City não está para brincadeira no mercado da bola e está perto de fazer a contratação mais cara de sua história. E não é Harry Kane. Por sinal, o clube ainda terá fôlego para tentar tirar o artilheiro do Tottenham. De acordo com “Daily Mail”, o City avançou na negociação com Aston Villa por Jack Grealish. O valor: 116 milhões de euros (R$ 681 milhões).

Ainda segundo a publicação, Grealish está muito perto de ser o novo reforço de Guardiola no Manchester City. O acordo deve ser anunciado quando terminar a Eurocopa. O meio-campista está com a seleção da Inglaterra.

Grealish Manchester City Grealish está perto do Manchester City | Foto: Imago Images

Grealish, de 25 anos, está cada vez mais valorizado na Premier League, fruto de boas temporadas pelo Aston Villa, clube que o revelou. O meia também tem se consolidado na seleção da Inglaterra.

Relacionadas

Mbappé Eurocopa
Cristiano Ronaldo Portugal Eurocopa Hungria
Cristiano Ronaldo

Publicidade

O Manchester City, então, está perto de estabelecer um novo recorde e transformar Grealish no jogador mais caro do clube. O posto pertence a De Bruyne, contratado na temporada 2015/2016, por 76 milhões de euros (R$ 446 milhões, na cotação atual), junto ao Wolfsburg, da Alemanha.

Manchester City agita o mercado da bola

A “fome” do Manchester City no mercado da bola é grande. O alvo número 1 para o ataque é Harry Kane. A contratação de Grealish não inviabiliza o bote para cima do centroavante. A questão é dobrar o Tottenham.

MAIS! À procura de um novo meia, Milan tem James Rodríguez em pauta

Publicidade

Kane quer mudar de ares, mas o Tottenham é conhecido por fazer jogo duro no mercado da bola. O valor necessário pode ultrapassar o montante que o City deve gastar por Grealish.

MAIS! Borussia Dortmund já tem alvo para o lugar de Jadon Sancho

O Manchester City vai movimentando o mercado da bola. O clube pode negociar alguns nomes também. Sterling, Bernardo Silva, Mahrez, Laporte e o brasileiro Gabriel Jesus são apontados com possibilidades de deixar o City.

Comentários