Publicidade

Jogando no Estádio Anfield, na Inglaterra, o Liverpool jogou o suficiente para administrar a vantagem obtida na ida e se classificar para as semifinais da Champions League. Os ingleses mesmo assim empataram com o Benfica por 3 a 3 na tarde desta quarta-feira pela rodada de volta das quartas. Brilhou a estrela do brasileiro Roberto Firmino, autor de dois gols.

Firmino foi decisivo para o Liverpool (Foto: Getty)

Na ida o Liverpool tinha vencido por 3 a 1 e assim ficou perto da vaga. Confirmou a classificação sem grande trabalho nesta quarta-feira.

Agora o Liverpool terá pela frente a zebra da competição: o Villarreal. O time espanhol já mandou para a casa Juventus e Bayern de Munique.

Liverpool entrou com time misto

Konaté não teve trabalho para vencer a defesa do Benfica (Foto: Uefa)

Publicidade

O Liverpool poupou nomes como Salah e Mané por conta da vantagem da ida. Mas mesmo assim tinha um timaço em campo. A linha de frente, por exemplo, era composta por Luis Díaz, Roberto Firmino e Diogo Jota.

Apesar do ritmo lento o Liverpool abriu o placar aos 19 minutos. Tsimikas cobrou escanteio, Konaté subiu sem marcação e cabeceou para vencer o goleiro Vlachodimos. Mas o Benfica respondeu 12 minutos depois. Gonçalo Ramos recebeu na área e, em posição legal, fuzilou o goleiro Alisson.

Firmino brilha na etapa final

Firmino chuta para marcar o terceiro gol (Foto: Uefa)

No segundo tempo a maior categoria do Liverpool falou ainda mais alto e a estrela de Roberto Firmino brilhou. Aos nove minutos, Diogo Jota chutou cruzado e o brasileiro escorou para o fundo da rede. Dez minutos depois o atacante marcou um belo gol. Tsimikas cobrou falta para a área e Firmino pegou de primeira, sem chances para o arqueiro benfiquista.

Relacionadas

Gabriel Magalhães Arsenal
Vinicius Júnior Champions League
Fabián Ruiz Napoli

Publicidade

Quando tudo indicava que o jogo ficaria sonolento o Benfica acordou. Descontou aos 26 minutos quando Yaremchuk foi lançado em velocidade e deslocou o goleiro. Nove minutos depois João Mário não dominou no contra-ataque e a bola sobrou para o chute de Darwin Núñez, que igualou o placar. Mas a reação ficou nisso.

City segura o Atlético de Madrid

Atlético de Madrid e City fizeram um jogo equilibrado. Mas ingleses avançaram (Foto: Uefa)

No noutro jogo do dia, no Estádio Wanda Metropolitano, em Madri, o Manchester City eliminou o Atlético de Madrid com um empate sem gols.

Noi confronto de ida, na Inglaterra, o City venceu por 1 a 0 e administrou a vantagem. Nas semifinais o Real Madrid será o rival dos ingleses.

Comentários