Publicidade

O técnico Ronald Koeman continua seu calvário no Barcelona. A derrota de 3 a 0 para o Benfica aumentou ainda mais a pressão, principalmente por parte da imprensa espanhola. As críticas apenas crescem e inclusive com um pedido de demissão do treinador.

Na noite de quarta-feira, nas emissoras de rádio e nos programas de televisão na Espanha, o sentimento era o de que o Barcelona precisa trocar rapidamente o comando técnico para não sofrer na Champions League e no restante da temporada.

Koeman é alvo de críticas (Foto: Marca)

Após duas rodadas na Champions League, o Barcelona é o lanterna de seu grupo e seuqer conseguiu balançar as redes rivais. Isso foi lembrado pelos jornalistas.

Publicidade

MAIS! Os memes da derrota do Barcelona na Champions League

Na imprensa escrita e nos sites a pressão é grande. O site do “Marca”, um dos principais da Espanha, cita que a limitação no Barcelona começa pelo banco de reservas. O jornal, em uma análise, diz: “Este Barça é limitado, mas essa limitação começa com o mesmo banco. Koeman tem muitas virtudes como promotor de jovens talentos, mas também tem suas falhas como estrategista, como um homem capaz de mudar um jogo desde o banco. Em tempos normais, o lógico seria Koeman estar na rua nas próximas horas, mas o Barça há muito tornou o seu estilo de vida extraordinário.”

O treinador prefere não comentar a pressão sobre uma possível saída.

Publicidade

– Estou respaldado por meus jogadores – disse ele.

Relacionadas

Messi deitado atrás da barreira no jogo contra o Manchester City - Foto: Imago

Enquanto Koeman busca apoio nos jogadores, o diário “Ás” lembrou que o Barcelona atual está acima apenas do Malmo da Suécia na tabela de classificação da Champions League.

MAIS! PSG quer corrigir erro em busca do passado

Publicidade

 

Comentários