Publicidade

Embora Mino Raiola tenha dito no AS que “o futuro de um jogador nunca depende de outro”, a verdade é que o plano do Real Madrid é conseguir trazer Haaland no verão de 2022 para ir primeiro para Mbappé. O norueguês, assim como o francês, está determinado a vestir a camisa ‘blanca’.

Por enquanto tudo está indo de acordo com o planejado. Haaland disse em Dortmund que vai ficar no Borussia. Sebastian Kehl, que cuida do licenciamento de jogadores no clube, confirmou isso em um comunicado à Sky.

Haaland Borussia Dortmund Haaland impressiona pelo faro de artilheiro, mas também pelo faro de negociador | Foto: INA FASSBENDER/AFP via Getty Images

‘Erling vai ficar mais um ano. Ele concorda totalmente. Eu o vejo todos os dias e posso dizer que ele se identifica completamente com o clube’, disse.

Relacionadas

Mbappé PSG

Publicidade

Assim, a tendência é que Haaland siga o roteiro que vem se desenhando, quase que uma parceria entre o Dortmund e o Real Madrid. A chave para isso também é o bom relacionamento que o CEO da Borussian, Hans-Joaquim Watzke, tem com Florentino Pérez, presidente do Real Madrid.

Entretanto…

No entanto, o fracasso do Dortmund em se classificar para a Champions League pode reverter a situação e precipitar a saída do norueguês. Certamente seria um revés. O Borussia está agora a um ponto das posições que dão acesso à competição mais alta e faltam três dias para jogar na Bundesliga. Se o Dortmund ficar de fora da Liga dos Campeões, é mais do que provável que Haaland procure uma saída imediata.

É um risco passar uma temporada inteira sem essa vitrine. O valor de mercado do jogador pode ser consideravelmente reduzido se o atacante norueguês não estiver em evidência.

Comentários