Publicidade

O Leeds United surpreendeu o Manchester City, neste sábado, e venceu, na casa do rival, por 2 a 1, pela Premier League. Uma estatística chamou atenção. O Leeds deu apenas dois chutes a gol. Que eficiência. E ainda jogou todo o segundo tempo com um jogador a menos. Um atrativo da partida foi o duelo entre Pep Guardiola e Marcelo Bielsa. O técnico argentino conseguiu levar o Leeds à vitória. Guardiola analisou a derrota do Manchester City.

Guardiola Manchester City Guardiola caiu para Bielsa | Foto: Manchester City / Divulgação

“Parabéns ao Leeds em primeiro lugar. Em segundo lugar, 11 x 11 foi um jogo em que fizemos dois lances, mas controlamos, nossa construção foi boa e criamos algumas chances claras. Depois cometemos um erro, não o defendemos bem e eles marcaram um gol. Depois disso, eles defenderam homem a homem. Controlamos durante 40 minutos, mas antes do gol deixamos eles correrem e perdemos o jogo”, analisou Guardiola.

LEIA MAIS! Haaland e Alaba: Real Madrid e Barcelona fazem clássico por reforços

Guardiola aponta o caminho para o Manchester City

Publicidade

O City continua confortável na liderança da Premier League. O time de Guardiola soma 74 pontos em 32 jogos, com 14 pontos de frente sobre o Manchester United, que tem 30 partidas disputadas. Guardiola não perde o foco.

“Precisamos de pontos ainda porque nosso oponente pode ganhar mais pontos. Mas temos três finais. Tenho uma confiança incrível nos jogadores, a derrota às vezes é necessária para entender o que fizemos de errado”, completou Guardiola.

O Manchester City se divide em quatro frentes nesta reta final de temporada. Além da Premier League, o time está nas quartas de final da Champions League (venceu o Borussia Dortmund, no jogo de ida, por 2 a 1), na final da Copa da Liga Inglesa (contra o Tottenham) e na semifinal da Copa da Inglaterra (contra o Chelsea).