Publicidade

O elenco do Barcelona tomou coragem e pediu uma reunião com a diretoria do clube para tratar da redução salarial que foi aplicada em meio ao período de pandemia. O assunto vinha sendo tratado como um tabu interno por conta do delicado momento vivido na Espanha por conta do vírus. Com a Covid perdendo um pouco de força no país os atletas se sentiram em condições de voltar a abordar o assunto.

Barcelona é o clube com a folha salarial maior (Foto: Instagram)

Nesta terça-feira representantes dos atletas se reuniram com os dirigentes do clube. Ficou acertado que até o dia 5 de novembro o clube vai responder sobre as propostas envolvendo uma melhora no que é recebido pelos jogadores neste momento.

Barcelona teve prejuízo com a pandemia

Jogadores do Barcelona podem sofrer cortes salariais Jogadores do Barcelona estão entre os maiores salários do futebol no mundo (Foto: Divulgação Barcelona)

Durante a pandemia o Barcelona precisou reduzir em 30% os salários dos jogadores. Em um primeiro momento o grupo não quis aceitar a situação. Entretanto percebendo que não haveria possibilidade de o clube arcar com o que foi acordado, o plantel acabou cedendo.

Leia também:

Publicidade

Não foi só Haaland… relembre craques desprezados pelo Barcelona
Mui amigo: Zidane empurra Koeman para a crise

O Barcelona foi um dos clubes mais atingidos pela pandemia do Coronavírus, já que boa parte de sua receita vem justamente da venda de ingressos e do que o clube arrecada em dia de jogos no Nou Camp. Sem a presença de público no Campeonato Espanhol e na Champions League a situação ficou delicada. O prejuízo no semestre para o Barcelona foi de 97 milhões de euros (quase R$ 650 milhões de euros)