Publicidade

O Borussia Dortmund garantiu vaga na Champions League em mais uma temporada. Mas o melhor é que, com isso, ficou mais fácil garantir a continuidade do Erling Haaland no elenco. Assim, a saída do atacante norueguês na próxima janela, no verão Europeu, parece improvável. A guerra está adiada para outra temporada? Na Alemanha, eles estão convencidos de que sim.

Haaland Borussia Dortmund Haaland deseja mudar de ares, mas vai ficar para depois | Foto: Imago Images

A diretoria do Borussia deixou claro publicamente que não estava disposto a deixá-lo ir e essa posição se manteve firme até agora. Interessado não faltam, mas os clubes europeus não têm o mínimo de 180 milhões de euros – cerca e R$ 1,2 bilhão -, valor colocado pelos alemães para impedir qualquer tentativa até 2022.

MAIS: Grupo City teria chegado a acordo com o City por Metinho

Publicidade

Mino Raiola, representante da Haaland, e o pai o jogador fizeram um tour oferecendo o atacante a clubes como Barcelona e Real Madrid. No entanto, o Borussia foi implacável na decisão de segurar o atacante norueguês. Os dirigentes chamaram seu agente e deixaram clara sua posição: “Não está à venda e se sair o preço será de 180 milhões de euros ou mais”.

MAIS! Agüero quer deixar a lista dos sem Champions League

Por que não será agora

Esse preço está acima das possibilidades reais de muitos clubes. Mais ainda é preciso levar em conta que no próximo verão cairá para menos da metade, no total de 75  milhões de euros – ou R$ 484 milhões. O diretor esportivo do Borussia Dortmund, Michael Zorc, se encontrou com Mino Raiola para “deixar as intenções muito claras para ele”.

Relacionadas

Cristiano Ronaldo Juventus
Gabriel Jesus
Klopp, do Liverpool e Guardiola, do Manchester City: não foi um bom dia para o futebol- Dave Thompson:Pool via Getty Images
Joan Laporta é franco favorito na disputa pela presidência do Barcelona - Foto: LLUIS GENE/AFP via Getty Images

Publicidade

Na Inglaterra, o Manchester United estaria disposto a fazer esse desembolso (350 milhões de euros, contando o salário). Por outro lado, o Real Madrid tem prioridade para Mbappé em mente, antes de Haaland. O Barcelona, por sua vez, não está considerando isso agora porque o investimento mais forte vai para a continuidade de Messi.

Assim, no próximo verão Haaland, atacante ágil e veloz, ficará onde está.

Comentários