Publicidade

A Copa América vai ter a final que Neymar queria, com a vitória da Argentina sobre a Colômbia, na decisão por pênaltis, nesta terça-feira (6), no Mané Garrincha. No tempo normal, empate em 1 a 1. Lautaro abriu o placar após assistência de Messi, logo no início da partida. A Argentina foi superior no primeiro tempo, mas relaxou na segunda etapa, até que tomou o empate da Colômbia, com Díaz. Assim, a final contra a Seleção Brasileira será no sábado, no Maracanã.

A dupla de Messi com Lautaro deu sinal de vida logo de cara, aos 3 minutos, quando o craque do Barcelona encontrou o companheiro perto da pequena área, numa cabeçada perigosa. Não foi preciso muito. Na segunda oportunidade, novamente Messi serviu Lautaro, que desta vez tocou para o fundo da rede, aos 6 minutos. Em desvantagem, a Colômbia tentava entrar no jogo, mas não levou muito perigo logo de imediato.

Lautaro Martínez manda a bola para o fundo das redes, mas o passe foi do garçom Messi. Que dupla! – Foto: Imago

No entanto, já pelo 35 minutos o time do técnico Reinaldo Rueda colocou alguma pressão. Foram duas bolas perigosas, uma em um rebote de Barrios, que chutou de fora da área. A bola tocou o braço de Lo Celso e resvalou no pé da trave esquerda de Martínez. Aos 36 a Colômbia acertou o travessão da Argentina, com Mina cabeceando cobrança de escanteio pela direita. No fim, uma defesa difícil de Ospina, após cabeçada à queima-roupa de Nico González, em cobrança de escanteio de Messi.

LEIA TAMBÉM

Publicidade

Tika Taka morreu? Os memes da eliminação da Espanha na Eurocopa

VÍDEO: Sob pressão, Romário perde pênalti em final de pelada

Cobiçado! Liverpool e PSG querem tirar Vinicius Júnior do Real Madrid

Zapata domina a bola marcado por Otamendi em jogo brigado, mas com final feliz para apenas um – Foto: Imago

Segundo tempo

Publicidade

A Colômbia veio mais ofensiva para o segundo tempo, obrigando a Argentina a trabalhar mais a bola. Com o jogo pegado, os colombianos foram crescendo, criando chances, como aconteceu aos 7 minutos, em duas finalizações de Zapata, rebatidas pela defesa. Os argentinos, por sua vez, estavam esperando um contra-ataque. Só não esperava Díaz, que aos 15 minutos recebeu lance em profundidade de Cadorna. Em velocidade, Luis Díaz se esticou já na linha de fundo, para se antecipar a Pezzella e deslocar Martínez. Um belo gol de empate.

Relacionadas

Jorginho Itália x Espanha Eurocopa
Neymar
Neymar Seleção Brasileira

Os argentinos perderam um gol incrível, aos 27 minutos, depois que Martínez se enrolou com a bola. Em velocidade, Di María driblou Ospina, que havia saído da área, e tocou para Lautaro que chutou livre, mas acertou Barrios. No rebote, Di María isolou. Pouco depois, aos 35 minutos, a Argentina rondava a área colombiana com Messi e Di María. O craque do Barcelona recebeu do companheiro e, no meio dos zagueiros, encontrou um chute que acertou a trave de Ospina. A decisão foi para os pênaltis.

Como em decisão desse tipo não tem favorito, a tensão tomou conta dos dois lados. Mas, quem levou a melhor foi a   Martínez telegrafou a cobrança, facilitando a vida de Martínez, mas logo em seguida De Paul isolou a bola. Mas Mina deu mole quando chegou sua vez, com nova defesa de Martínez, que deixou os colombianos nervosos. A definição, no entanto, saiu com o erro de Cardona, que perdeu sua cobrança. Argentina na final.

Comentários