Futebol Internacional

Ciro Immobile reforça 2020 como um ano para não ser esquecido

ciro immobile, divulgação lazio

Mais uma prova de que esse estranho ano de 2020 não vai ser esquecido. Sem Cristiano Ronaldo ficou mais fácil para o italiano Ciro Immobile, da Lazio, levar a Chuteira de Ouro da temporada europeia. Foram 35 gols marcados, contra os 34 de Robert Lewandowski, do Bayern de Munique, mas o português tinha ainda a chance de fazer um dos seus “milagres” se estivesse em campo contra a Roma. Como não foi escalado. Cristiano fecha a temporada com 31 gols.

ciro immobile, divulgação lazio

O artilheiro Ciro Immobile, no entanto, não ganhou apenas a chuteira de ouro: ele bateu recorde também

A façanha de Immobile chama mais atenção ainda pelo fato de ter superado figuras fáceis no calendário do futebol mundial, como  o próprio CR7, além de Lewandowski, e outros como Lionel Messi, que nem esteve no páreo, por assim dizer. Aos 30 anos, o novo dono da Chuteira de Ouro voltou a marcar na derrota por 3 a 1 para o Napoli.

Assim, chegou ao seu 36º gol na competição, tornando-se o maior artilheiro do torneio. Ele igualou a marca do atacante argentino Gonzalo Higuaín, que fez 36 gols na temporada 2015-2016, quando atuava pelo Napoli.

Leia também

Bartomeu fecha a porta do Barcelona para Neymar

“Neymar… depois eu paro de contar”:  listamos para Benzema os maiores dribladores do futebol

Você Também pode gostar

Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *