Publicidade

O sábado foi de susto no Morumbi, no segundo tempo entre São Paulo e Fortaleza, pelo Campeonato Brasileiro. Marcelinho, massagista do clube paulista, passou mal e precisou ser socorrido no estádio.  Ele sofreu uma crise convulsiva. Acordado, ele deixou o Morumbi de ambulância, rumo ao hospital, para fazer exames.

Aos 32 minutos do segundo tempo, o banco do São Paulo começou a pedir a entrada da ambulância. Marcelinho havia caído no chão. Os médicos logo o socorreram, mas a ambulância, com pane, demorou a entrar no gramado. Outra ambulância também foi acionada.

Marcelinho massagista São Paulo Marcelinho é socorrido no Morumbi | Foto: Reprodução Premiere

José Sanchez, médico do São Paulo, comandou o socorro a Marcelinho. Acordado, o massagista foi levado para o hospital, sob aplausos dos jogadores e comissão técnica dos dois times.

Relacionadas

Neymar Brasil Olimpíada

Publicidade

A cena preocupou e relembrou outro drama recente: o de Eriksen, na Eurocopa. O meia dinamarquês sofreu uma parada cardíaca em campo e precisou ser reanimado, diante da angústia e choro de jogadores e torcedores. Eriksen se recupera bem do episódio.

Publicidade

Comentários