Fluminense

Venceu mais do que perdeu! Relembre estreias do Fluminense no Brasileirão

Fluminense venceu o Corinthians em 2012 (Foto: Reprodução Youtube)

O Fluminense estreia no Campeonato Brasileiro neste domingo, quando visita o Grêmio no Rio Grande do Sul. Mas será que o Tricolor costuma se dar bem na largada da competição? A resposta é positiva. O Fluminense venceu mais do que perdeu em estreias no Brasileirão na era dos pontos corridos. Foram 17 participações do time carioca, com nove triunfos e cinco derrotas. Nas outras três estreias o Fluminense empatou.

Fluminense venceu o Corinthians em 2012 (Foto: Reprodução Youtube)

A era dos pontos corridos começou mal para o Fluminense, que perdeu de 2 a 0 para o Criciúma em Santa Catarina. Neste sistema de disputa o primeiro triunfo em uma primeira rodada foi em 2005, quando o time bateu o São Paulo por 2 a 1 no Maracanã.

Leia também:

Nino: ‘Hoje todo mundo sabe a cara que o time do Fluminense tem’
Robinho ainda pode dar lucro ao Fluminense! Entenda a negociação

Nas vezes em que foi campeão, em 2010 e 2012, o Fluminense sentiu os dois gostos na estreia. Em 2010 começou sua trajetória perdendo de 1 a 0 para o Ceará em Fortaleza (CE). Dois anos depois não se intimidou com o Pacaembu e fez 1 a 0 no Corinthians.

O MAIS QUE UM JOGO relembra as estreias do Fluminense no Campeonato Brasileiro:

2003 – Criciúma 2 x 0 Fluminense – Estádio Heriberto Hülse (Criciúma-SC)

Escalação: Kléber, Jancarlos, César, Zé Carlos e Júnior César; Marcão, Alex Oliveira (Fernando Diniz), Djair (Zada) e Carlos Alberto; Marciel (Marcelo) e Ademílson
Técnico: Renato Gaúcho

2004 – Paysandu 3 x 3 Fluminense – Estádio Mangueirão (Belém-PA)

Escalação: Danrlei, Rodolfo, Odvan, Antônio Carlos (Diego Souza) e Júnior César; Marcão, Juca, Ramon, Arílson e Roger (Alex Terra); Romário
Técnico: Ricardo Gomes

2005 – Fluminense 2 x 1 São Paulo – Estádio Raulino de Oliveira (Volta Redonda-RJ)

Fluminense vence na estreia em 2005 (Foto: Reprodução Youtube)

Escalação: Kléber, Gabriel, Igor, Fabiano Eller e Juan; Marcão, Juninho (Arouca), Diego Souza e Preto Casagrande; Leandro (Rodrigo Tiuí) e Tuta (Alex Terra)
Técnico: Abel Braga

2006 – Athletico Paranaense 1 x 2 Fluminense – Arena da Baixada (Curitiba-PR)

Fluminense bateu o Furacão em 2006 (Foto: Reprodução Youtube)

Escalação: Fernando Henrique, Thiago Gosling, Thiago Silva, Roger e Marceloa; Marcão, Arouca (Romeu), Rogério e Petkovic; Lenny (Cláudio Pitbull) e Tuta (Evando)
Técnico: Oswaldo de Oliveira

2007 – Fluminense 2 x 2 Cruzeiro – Maracanã (Rio de Janeiro-RJ)

Escalação: Fernando Henrique, Rafael (Júnior César), Luiz Alberto, Roger e Ivan; Romeu (Thiago NevesO), Arouca, Cícero (Rodrigo Tiuí) e Carlos Alberto; Lenny e Rafael Moura
Técnico: Renato Gaúcho

2008 – Atlético-MG 0 x 0 Fluminense – Mineirão (Belo Horizonte-MG)

Escalação: Fernando Henrique, Dieguinho, Carlinhos, Anderson Marques (Marinho) e Sandro; Arouca (Léo Itaperuna), Fabinho, Romeu e David França (Bob); Tartá e Alan
Técnico: Renato Gaúcho

2009 – Fluminense 1 x 0 São Paulo – Maracanã (Rio de Janeiro-RJ)

Escalação: Fernando Henrique, Mariano, Edcarlos, Luiz Alberto e João Paulo; Wellington Monteiro, Maurício (Fabinho), Marquinho e Thiago Neves (Tartá); Maicon Bolt (Éverton Santos) e Fred
Técnico: Carlos Alberto Parreira

2010 – Ceará 1 x 0 Fluminense – Castelão (Fortaleza-CE)

Escalação: Rafael, Mariano, Gum (Leandro Euzébio), Digão e Júlio César (Wellington Silva); Cássio, Diguinho, Conca e Marquinho; André Lima e William Santana (Everton)
Técnico: Muricy Ramalho

2011 – Fluminense 0 x 2 São Paulo – São Januário (Rio de Janeiro-RJ)

Escalação: Ricardo Berna, Mariano, Gum, Leandro Euzébio e Júlio César (Carlinhos); Edinho, Diogo (William Santana), Conca e Deco (Souza); Rodriguinho e Rafael M oura
Técnico: Enderson Moreira

2012 – Corinthians 0 x 1 Fluminense – Pacaembu (São Paulo-SP)

Escalação: Ricardo Berna, Wallace, Digão, Leandro Euzébio e Carleto; Wellington Carvalho, Fábio (Rafinha), Lanzini (Jean) e Matheus Carvalho (Carlinhos); Marcos Júnior e Samuel
Técnico: Abel Braga

2013 – Fluminense 2 x 1 Athletico Paranaense – Estádio Cláudio Moacyr (Macaé-RJ)

Escalação: Ricardo Berna, Wellington Silva, Monzón, Gum e Elivélton; Anderson (Eduardo), Felipe (Rhayner), Diguinho e Fábio; Rafael Sóbis (Willian) e Samuel
Técnico: Abel Braga

2014 – Fluminense 3 x 0 Figueirense – Maracanã (Rio de Janeiro-RJ)

Escalação: Diego Cavalieri, Bruno, Gum, Elivelton e Carlinhos:Jean, Diguinho (Valencia), Wagner (Biro-Biro) e Conca; Rafael Sóbis (Walter) e Fred
Técnico: Cristóvão Borges

2015 – Fluminense 1 x 0 Joinville – Maracanã (Rio de Janeiro)

Escalação: Diego Cavalieri, Wellington Silva, Gum, Marlon Santos e Giovanni (Vinícius); Pierre (Robert), Edson, Gérson (Wagner) e Jean; Kenedy e Fred
Técnico: Ricardo Drubscky

2016 – América-MG 0 x 1 Fluminense – Estádio Independência (Belo Horizonte-MG)

Escalação: Diego Cavalieri, Jonathan (Giovanni), Gum, Henrique e Wellington Silva, Edson, Gustavo Scarpa, e Cícero; Osvaldo (Marcos Júnior), Fred e Richarlison (Gérson)
Técnico: Levir Culpi

2017 – Fluminense 3 x 2 Santos – Maracanã (Rio de Janeiro-RJ)

Escalação: Diego Cavalieri, Lucas, Renato Chaves, Henrique e Léo; Wendel, Orejuela, Sornoza (Gustavo Scarpa) e Wellington Silva (Marcos Júnior); Richarlison (Pierre) e Henrique Dourado
Técnico: Abel Braga

2018 – Corinthians 2 x 1 Fluminense – Arena Corinthians (São Paulo-SP)

Escalação: Júlio César, Gum, Renato Chaves (Marcos Júnior) e Ibañez (Frazan); Gilberto, Richard, Jádson, Sornoza e Ayrton Lucas; Pablo Dyego e Pedro (João Carlos)
Técnico: Abel Braga

2019 – Fluminense 0 x 1 Goiás – Maracanã (Rio de Janeiro-RJ)

Escalação: Rodolfo, Gilberto, Matheus Ferraz, Nino (João Pedro) e Caio Hnerique; Aírton (Pedro), Bruno Silva (Léo Arthur), Allan e Luciano; Everaldo e Yony González
Técnico: Fernando Diniz

Você Também pode gostar