Publicidade

O atacante Kayke teve uma passagem discreta pelo Fluminense em 2018. Mas a sua presença nas Laranjeiras vai render ao Fluminense um prejuízo de mais de R$ 800 mil. Não por culpa do jogador, mas por responsabilidade do próprio Tricolor, que não arcou com as suas obrigações.

Kayke vai receber indenização do Fluminense (Foto: Lucas Merçon/Fluminense)

O Fluminense contratou Kayke no segundo semestre de 2018. Com o time lutando contra as últimas colocações, o jogador nunca conseguiu render o esperado. Atuou em apenas nove jogos, sendo somente cinco como titular. O faro de artilheiro nunca apareceu, sem que ele tenha conseguido balançar as redes rivais.

Fluminense deve tentar acordo com Kayke

Sem receber parte do que teria direito, Kayke ingressou na Justiça para receber. O Fluminense então foi condenado  vai ter que pagar cerca de R$ 847 mil ao atleta. O valor é referente a salários em atraso, não pagamento do 13º salário, não pagamento de férias, não recolhimento do FGTS, custas do processo, honorários e multas.

Publicidade

LEIA MAIS!

Libertadores de 2021 faz o Fluminense manter o foco no G-4
Fluminense só terá Felippe Cardoso até o fim do Brasileirão

O Tribunal Regional do Trabalho da 1ª Região, no Rio de Janeiro, analisou o processo. Mas o Fluminense pode recorrer. Mas o clube deve buscar um acordo para o parcelamento do pagamento. Kayke atualmente defende o Umm Salal, do Catar.