Publicidade

O presidente Mário Bittencourt deu uma coletiva para falar sobre seus dois anos de gestão no Fluminense. O mandatário falou sobre o desempenho esportivo do clube, além dos problemas financeiros.

Bittencourt se irritou ao ser questionado sobre a relação do Fluminense com os jogadores que recentemente saíram do clube.

Mário Bittencourt Fluminense Mário Bittencourt negou relação ruim com jogadores (Foto: Lucas Merçon / Fluminense)

– Quero dizer que 110% dessas notícias são mentirosas. Aliás, passou a ser algo comum em certas mídias que cobrem o Fluminense, buscar o dia inteiro o caos para tentar destruir um ambiente de estabilidade que criamos, mas não vão conseguir. O empresário que representava o Miguel é o mesmo do Calegari. Então eu tenho dificuldade de relacionamento com ele só no caso do igual e não do Calegari? – disse.

Publicidade

O presidente continuou e explicou as saídas de Marcos Paulo e Metinho.

– O caso do Metinho a mesma coisa. Os representantes dele são do Biel, Kayky, muito antes de eu ser presidente. No caso do Marcos Paulo, opção do atleta e da família. O caso do Metinho não tem dificuldade de relacionamento algum. Ele foi vendido por milhões de euros, por uma opção do Fluminense, da família e do empresário. A gente fez uma proposta de renovação para o atleta, ele não tem interesse porque quer ser vendido. A gente vende o jogador, o clube europeu pede pro jogador ir, a gente autoriza e temos dificuldade de relacionamento com o atleta? É uma notícia mentirosa, deslavada, cara de pau para querer ganhar clique, não posso ver de outra forma – declarou.

Relacionadas

Roger Machado Fluminense

Dentro de campo, o Fluminense volta a campo neste domingo, contra o Fortaleza, na Arena Castelão, pelo Campeonato Brasileiro.

Comentários