Publicidade

Missão dada é missão cumprida para Marcão no Fluminense. E pelo terceiro ano consecutivo. O técnico, novamente, foi a solução caseira do Tricolor. Ele foi efetivado no lugar de Roger Machado. Nesta quinta-feira, Marcão carimbou a vaga para Libertadores.

É o terceiro Brasileiro consecutivo que Marcão termina à frente do Fluminense. Em 2019, ele pegou o time na 16ª colocação. Na ocasião, a missão foi tirar o Flu de perto do Z-4. Conseguiu. O Tricolor terminou no 14º lugar.

Marcão Fluminense Marcão leva o Fluminense à Libertadores | Foto: Lucas Merçon / Fluminense / Divulgação

Na última temporada, quando Odair Hellmann deixou o Fluminense, Marcão foi novamente acionado. Ele deu sequência ao bom trabalho e levou o Tricolor Carioca à Libertadores. A competição continental voltou a ser a missão de Marcão. A vaga foi carimbada com a vitória sobre a Chapecoense, nesta quinta-feira, no Maracanã.

Relacionadas

Publicidade

Marcão, entretanto, tem futuro indefinido no Fluminense. Ele foi efetivado até o fim da temporada. O Tricolor Carioca não decidiu sobre o técnico para 2022.

LEIA MAIS! Jorge Jesus teria indicado Nino ao Benfica

– E sobre a minha situação, eu realmente deixo para frente. Estou muito feliz com a missão cumprida, pelo objetivo traçado junto ao presidente e comissão técnica. Realmente muito feliz. 2019, 2020, e agora em 2021, a gente tem respeito do nosso torcedor, dos jogadores e do adversário – declarou Marcão.

Publicidade

Desejo de Marcelo seria voltar ao Fluminense para tentar vaga na Copa do Mundo

O Fluminense, agora, vai se concentrar no planejamento para 2022, em que vai começar a Libertadores na fase preliminar. Uma missão da diretoria é definir quem será o técnico.

Comentários