Publicidade

O Fluminense está vivendo um bom momento na temporada e ocupa a quarta posição no Campeonato Brasileiro. Apesar das dificuldades financeiras, o Tricolor está numa situação muito superior a dos rivais cariocas, Vasco e Botafogo. Para o presidente Mário Bittencourt, o diferencial do Fluminense está na aposta na continuidade do trabalho no departamento de futebol.

Mário Bittencourt e Odair Hellmann (Foto: Mailson Santana/FFC)

Enquanto o Vasco já trocou de técnico duas vezes na temporada e o Alvinegro acaba de demitir seu segundo treinador, o Flu manteve Odair Hellmann desde o início do ano, Isso aconteceu apesar de insucessos, como a perda da final do Carioca e as eliminações das Copas Sul-Americana e do Brasil.

– Uma das grandes soluções quando não se pode investir é dar continuidade ao trabalho. Se com dinheiro já é difícil fazer, imagina sem. Tem de tentar manter um trabalho, ser longevo, para o trabalho dar resultado lá na frente – afirmou o dirigente em programa da Rede Bandeirantes.

Publicidade

– Ficamos chateados com a eliminação na Sul-Americana e Copa do Brasil. Mas a eliminação na Sul-Americana foi em fevereiro. Com um time bem diferente do que temos hoje. A eliminação na Copa do Brasil foi dolorosa, mas também é resquício dessa volta no meio da pandemia. Tínhamos convicção de manter o trabalho, mesmo com as eliminações dolorosas. Se for olhar a tabela, veja a relação com os clubes que trocam de treinador. Veja onde estão – continuou.

Leia também:

Há vida sem Nenê? Odair vai quebrar a cabeça para substituir o craque

Publicidade

Emperrou! Dodi fica mais longe do acordo com o Fluminense

Sondagem por Odair não existiu

A presença do Fluminense no G-4, em meio a equipes com maior capacidade de investimento, como Flamengo, Atlético-MG e Inter tem surpreendido. O trabalho de Odair está valorizado e esta semana surgiram boatos sobre uma sondagem do futebol árabe. Entretanto, Bittencourt negou a veracidade da notícia.

– A notícia não procede. Não recebemos sondagem nenhuma e nem ele. Ele ficou bastante chateado e quando viu isso e falou diretamente com o diretor-executivo para dizer que isso não procede – afirmou o mandatário.

Publicidade

O Fluminense fecha o turno do Campeonato Brasileiro com um duelo diante do Fortaleza, neste sábado, no Castelão. Independente do resultado, esta já é a melhor campanha ao final da 19ª rodada nos últimos cinco anos.