Publicidade

A base do Flamengo segue no radar de grandes clubes europeus, e desta vez é uma promessa de 16 anos e multa de 300 milhões que está na mira do Milan. Trata-se de Fabrício Yan, joia da equipe sub-15, e considerado um dos maiores talentos das divisões inferiores do Rubro-Negro.

Fabrício Yan (Reprodução Instagram)

O atleta acaba de assinar seu primeiro contrato profissional. O vínculo tem três anos de duração e a multa rescisória é de 300 milhões de Reais.

– O Flamengo é a minha casa e sou muito grato por todo o apoio que sempre recebi do clube. É um momento único! Tenho certeza de que o melhor ainda está por vir – afirmou Fabrício.

Publicidade

O Flamengo vem se notabilizando nos últimos anos por revelar e negociar bons atletas. Além disso, Milan e Flamengo se aproximaram no ano passado, quando a equipe italiana comprou os direitos de dois jogadores revelados pelo clube. O meia Lucas Paquetá e o zagueiro Léo Duarte custaram 35 e 11 milhões de euros, respectivamente.

Leia também:

Reestruturação, tragédia, glórias… veja dez momentos marcantes do Flamengo na década

Publicidade

Flamengo renova contratos de Yuri César e Pepê

As duas equipes, portanto, tem um relacionamento próximo, e o Milan monitora as equipes da base do Flamengo. Outro gigante europeu de olho na base é o Real Madrid, que pagou 45 milhões de euros por Vinícius Jr. em 2018 e 30 milhões por Reinier, no ano passado.

Vini, entretanto, pode estar rendendo mais alguns milhões para os cofres do Flamengo em breve. Segundo matéria do jornal inglês “Daily Star”, o Arsenal pode investir para tirar o atacante da Espanha. Então, no caso de venda de seus direitos, o Rubro-Negro receberá 2,5% pelo mecanismo de solidariedade de clube formador.