Publicidade

O Flamengo vem entrando em rota de colisão com a CBF nos últimos anos, desde que Rodolfo Landim assumiu a presidência. Brigas pelos direitos de transmissão dos jogos e organização de torneios motivou a discórdia. Além disso o constante número de convocados, que causava danos ao clube, intensificou os confrontos. Por fim o clube vem se sentindo prejudicado pela arbitragem no Campeonato Brasileiro. Mas aos poucos o Flamengo trabalha em várias frentes na CBF para melhorar o clima.

Uma prova de avanços deve acontecer nos próximos dias. A CBF pode poupar o Flamengo da lista de convocados para os duelos de novembro pelas Eliminatórias sul-americanas para a Copa do Mundo de 2022, que será disputada no Catar. A Seleção Brasileira vai medir forças com Colômbia e Argentina.

Marcos Braz tem trabalhado pela paz (Reprodução Youtube)

O técnico Tite teria sido avisado da situação e não criou muitos problemas. Pesa o fato de o Brasil estar praticamente classificado para a Copa do Mundo. Além disso ele poderá fazer experiências nos dois confrontos.

MAIS! Neymar no Flamengo não é nenhum absurdo

Publicidade

Nos últimos jogos o Flamengo tem sofrido com convocações. O meia Éverton Ribeiro e o atacante Gabigol são sempre lembrados por Tite. Além disso o lateral-direito chileno Mauricio Isla e o meia uruguaio De Arrascaeta servem suas seleções de forma constante.

O vice-presidente de futebol Marcos Braz está sendo o principal responsável por fazer a ponte. Ele quem foi reclamar sobre os erros de arbitragem no empate sem gols com o Cuiabá no domingo. Aproveitou a ocasião para aparar arestas e trabalhar pela não convocação.

Relacionadas

O Flamengo volta a campo pelo Campeonato Brasileiro no próximo sábado, para fazer o clássico carioca com o Fluminense no Maracanã. Antes disso, nesta quarta-feira, tem choque com o Athletico Paranaense, em Curitiba, pela rodada de ida das semifinais da Copa do Brasil.

Comentários