Flamengo

Não valeu três pontos: Relembre amistosos marcantes do Flamengo

Foto: Reprodução Youtube

O Flamengo tem uma rica história de amistosos contra times internacionais, no Brasil e no estrangeiro. Foram muitos confrontos marcantes em torneios mundo a fora.

A primeira vitória rubro-negra contra um time europeu aconteceu em 1949, diante do Arsenal. O time inglês passou pelo Rio de Janeiro em excursão pela América do Sul. Com gols de Durval e Jair Rosa Pinto (2) o Flamengo venceu por 3 a 1, em São Januário.

Foi num duelo contra um modesto time da antiga Iugoslávia, o Zeljeznicar, que Zico vestiu pela primeira vez a camisa 10 no time profissional. Com apenas 21 anos, ele foi o destaque da vitória por 3 a 1 marcando duas vezes.

A equipe da Gávea tem participação destacada em torneios internacionais, especialmente entre 1978 e 1997.

Leia também:

Mister completa 66 e Arão aposta no sucesso no Benfica

Rafinha, sobre Jesus: ‘Nessa parte o Flamengo falhou’

O MAIS QUE UM JOGO reuniu alguns momentos marcantes desta trajetória que merecem ser relembrados. Confira:

FLAMENGO 2 x 1 REAL MADRID-ESP – 1978

Em agosto de 1978, o Flamengo disputou o torneio Palma de Mallorca, na Espanha. Sem Zico e contra o Real Madrid ajudado pelo árbitro, O Rubro-Negro venceu por 2 a 1e levantou a taça. Cláudio Adão e Cléber marcaram os gols do título.

BARCELONA-ESP 1 X 2 FLAMENGO – 1979

No ano seguinte, o Fla bateu outro gigante espanhol na semifinal do torneio Ramón de Carranza. Júlio César e Zico marcaram para o Flamengo. A disputa, em Cádiz, na Espanha, foi vencida pelo Rubro-Negro, que na final superou o Ujpest, da Hungria.

No ano seguinte, 1980, o Flamengo voltou conquistou o bi em Cádiz. Desta vez os adversários foram o Dínamo Tbilisi, da União Soviética, e, na final, o Real Bétis, da Espanha.

NAPOLI-ITA 0 X 5 FLAMENGO – 1981

O Flamengo foi Campeão do Torneio Internacional de Nápoles em 1981, na Itália. No caminho, goleou por 5 a 1 o Avelino no Estádio San Paolo. Na sequência, a vítima foi os donos da casa, que caíram por 5 a 0.

FLAMENGO 2 X 0 BOCA JUNIORS-ARG – 1981

Outro amistoso marcante do Flamengo aconteceu em 1981, na despedida de Carpegiani. No Maracanã, 2 a 0 contra o Boca Juniors de Maradona, que foi ofuscado por Zico, autor dos dois gols do jogo.

HAMBURGO-ALE 1 X 3 FLAMENGO – 1989

Zico conquistou sua última taça pelo Flamengo no Torneio de Hamburgo, na Alemanha, em 1989. O time, comandado por Telê Santana, venceu os alemães por 3 a 1 com gols de Zico, Ailton e Nando.

FLAMENGO 7 X 0 REAL SOCIEDAD-ESP – 1990

Um passeio no Japão! Em 1990, o Flamengo disputou a Copa Sharp e atropelou os espanhóis do Real Sociedad. Num campo de gramado sintético, a dupla Gaúcho (3) e Renato Gaúcho (2) infernizou os adversários.

FLAMENGO 3 X 1 BAYERN DE MUNIQUE-ALE – 1994

De virada e com um jogador a menos, o Flamengo venceu o Bayern de Munique por 3 a 1, em 1994. A partida decidiu o Torneio de Kuala Lumpur, na Malásia. Os gols rubro-negros foram de Rogério, Marquinhos e Sávio.

VALENCIA-ESP 1 X 3 FLAMENGO – 1997

O Valencia também experimentou o que é receber um visitante indigesto em duas ocasiões, no Troféu Naranja. A primeira, em 1986, Vinícius (2) e Bebeto construíram o placar de 3 a 0 contra os espanhóis.

Anos mais tarde, em 1997, foi a vez de Sávio derrubar os donos da casa, que tinham Romário como estrela. O Baixinho abriu o placar para o Valencia, mas com três gols de Sávio, o Mengão virou o jogo.

REAL MADRID-ESP 0 X 3 FLAMENGO – 1997

No mesmo giro pela Europa, o Flamengo fez outra vítima pelo caminho. No Torneio Palma de Mallorca, o Rubro-Negro venceu o poderoso Real Madrid por 3 a 0. Mais uma vez comandado por Sávio, o Rubro-Negro não tomou conhecimento e venceu com gols de seu camisa 10, além de Maurinho e Lúcio. Isso aconteceu no mesmo ano em que o Real faturou a Liga dos Campeões e bateu o Vasco na final do mundial de Clubes.

FLAMENGO 1 X 0 EINTRACHT FRANKFURT-ALE – 2019

O Flamengo só voltou a disputar um torneio internacional em 2019, a Florida Cup, nos EUA. CForam duas partidas. Contra o Ajax-HOL, empate em 2 a 2 e vitória nos pênaltis por 4 a 3. Na final, com gol do jovem Jean Lucas no fim do 1º tempo, sagrou-se campeão diante do Eintracht Frankfurt-ALE.


Você Também pode gostar

Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *