Flamengo

Isla disse não ao Boca antes de conversar com o Flamengo

Mauricio Isla/Copa America 2019 (Foto: Alexandre Schneider/Getty Images)

O Flamengo pode dar um chapéu no Boca Juniors na contratação de Mauricio Isla. O lateral-direito chileno foi alvo do clube argentino durante a paralisação do futebol. Entretanto, o jogador disse não a possibilidade de jogar na Bombonera.

Mauricio Isla/Copa America 2019 (Foto: Alexandre Schneider/Getty Images)

Isla foi o principal reforço pretendido pelo ex-jogador e hoje dirigente Riquelme nesta temporada. O time argentino tinha pressa e o chileno queria mais tempo para discutir a mudança com a família. O jogador vive em Valencia, na Espanha, com a esposa espanhola e uma filha.

Por fim, Isla, que também foi sondado pelo Real Bétis, da Espanha, descartou a ida para o futebol argentino. Agora, a sondagem do Flamengo parece tê-lo feito mudar de ideia.

Leia também:

Staff nega contato do Fenerbahçe e Filipe Luís não está de saída

O VP de futebol rubro-negro, Marcos Braz, e o diretor de futebol, Bruno Spindel, já estão na Espanha para tratar diretamente da negociação. No embarque da dupla na noite deste domingo, Braz revelou a existência de uma carta de intenções.

– Existe um documento de intenção, que nada tem a ver com “estar certo”. Existem alguns detalhes para que isso seja dirimido. Está muito bem encaminhado, mas acho que não podemos dar chance ao azar. Pegar o avião ir lá, e trazer o mais rápido possível – disse o dirigente ao Canal Paparazzo Rubro-negro.

Aos 32 anos, Mauricio Isla saiu muito cedo do Chile e passou sua carreira profissional na Europa. Jogou pela Udinese e Juventus, da Itália, Queens Park Rangers, da Inglaterra, Olympique de Marseille, da França, e Fenerbahçe, da Turquia. Disputou duas Copas do Mundo pela seleção chilena (2010 e 2014) e duas Copas América (2015 e 2016) .

Você Também pode gostar