Flamengo

Flamengo só deve buscar lateral na janela de outubro

Alex Vigo, do Colón, foi sondado pelo Flamengo (Reprodução Youtube)

A janela de transferências internacionais será fechada na próxima segunda-feira. O Flamengo, porém, só deve buscar reforços na próxima janela, em outubro. Com a chegada esta semana do novo técnico Domènec Torrent, o Rubro-Negro não vê como urgência a necessidade de contratações.

Alex Vigo, do Colón, foi sondado pelo Flamengo (Reprodução Youtube)

Além do novo treinador estar apenas iniciando o trabalho, os problemas financeiros causados pela pandemia também pesam no planejamento.

– A gente contratou um técnico internacional. Ele vai chegar, vai ver, vai conhecer, com calma, conhecer a estrutura, vai ouvir as pessoas. Depois ele vai decidir (sobre reforços) com calma, com tranquilidade. É até estranho como a gente tá nessa retórica de nome A, B, C. Vamos ter calma – disse o VP de futebol Marcos Braz.

– O Campeonato vai começar no próximo domingo. São 38 rodadas. Ganha quem chegar na última rodada em primeiro e não adianta largar na frente – completou.

Leia também:

Domènec não pediu reforços ao Flamengo: ‘Tudo mentira’

Braz, sobre Dani Alves: ‘Nunca falamos sobre esse assunto’

Lateral-direito será prioridade do Flamengo na janela de outubro

A lateral direita é considerada a posição mais carente do elenco rubro-negro. Além do titular Rafinha, Joâo Lucas e Matheus são as opções no grupo. Entretanto, nas oportunidades que tiveram, os dois jovens não convenceram a diretoria de que estão prontos para a tarefa.

O Flamengo tem pelo menos três nomes em pauta. Todos argentinos. O preferido é Fabricio Bustos, 24, do Independiente. Os outros dois são ainda mais jovens, com 21 anos. São eles Carlos Herrera, do San Lorenzo, e Alex Vigo, do Colón.

Por enquanto, o Fla se limitou a fazer sondagens, como aconteceu nos últimos dias em relação a Vigo.

– É verdade a consulta do Flamengo. Mas não há negociação, eles apenas pediram referências do garoto e informações de quanto custaria – revelou Leandro Varino, empresário do atleta do Colón.

Além da lateral, a diretoria do Flamengo entende que mais duas posições precisam de reforços. Um goleiro para a reserva de Diego Alves e um meia que substitua Everton Ribeiro também são estudados. Entretanto, a questão financeira pode pesar e estes serão adiados para a janela de janeiro.

Você Também pode gostar