Publicidade

O Flamengo está avaliando a permanência do atacante Pedro Rocha em 2021. O jogador está no Rubro-Negro por empréstimo junto ao Spartak de Moscou até o final de dezembro. O clube já descartou a possibilidade de exercer agora a opção de compra, mas tenta a prorrogação do empréstimo.

Pedro Rocha (Foto: Alexandre Vidal/Flamengo)

Segundo o Canal do Venê Casagrande, a equipe russa deu sinal positivo para a permanência de Pedro Rocha até agosto. Entretanto, o custo do empréstimo será de 1,5 milhão de euros, o que dá quase 10 milhões de Reais no câmbio atual. Portanto, uma quantia considerável em ano de dificuldades financeiras devido à pandemia.

O Flamengo fez três grandes contratações no início do ano. Todos por empréstimo com opção de compra junto a clubes europeus. Contudo, enquanto o atacante Pedro e o meia Thiago Maia estão entre os maiores destaques da temporada, Pedro Rocha está devendo.

Publicidade

O atacante de 26 anos já chegou ao Flamengo com problemas físicos, e demorou para entrar em forma. Foi pouco aproveitado por Jorge Jesus antes e depois da paralisação do futebol. Com Dome, fez algumas boas partidas, mas logo voltou a se lesionar. Após longo tempo se recuperando de um problema muscular, Pedro Rocha tem entrado no segundo tempo com Rogério Ceni.

Leia também:

Relembre a campanha do Flamengo no título da Libertadores de 2019

Publicidade

Que venha o Racing! Relembre confrontos históricos do Flamengo contra clubes argentinos

Em 2020, são dez jogos e cerca de 250 minutos em campo. Muito pouco para um atleta que custou 3 milhões de euros e é o quinto maior salário do time. Então, a permanência de Pedro Rocha tem poucas chances de acontecer.

O Flamengo tem jogadores da base pedindo passagem, como Lázaro e Yuri César, opções que fazem mais sentido no panorama atual.