Publicidade

A caminhada do Flamengo no mata-mata da Libertadores começa contra um rival argentino: o Racing. O jogo de ida, na casa do adversário, é nesta terça-feira, às 21h30. Para entrar no clima do confronto, que tal relembrar duelos históricos do Fla contra times da Argentina? A lista tem alegrias e decepções.

Gabigol, Flamengo Gabigol com a torcida do Flamengo após o título em Lima | Foto: Reprodução Twitter

Uma inspiração para o Flamengo passar pelo Racing é uma doce lembrança, do dia 23 de novembro de 2019. Há um ano, o Rubro-Negro conquistava o bicampeonato da Libertadores, ao vencer o River Plate.

LEIA MAIS! Guardiola defende o trabalho de Dome no Flamengo

Publicidade

Será a primeira vez que o Flamengo encara o Racing pela Libertadores. O histórico geral entre os dois aponta equilíbrio, com cinco vitórias para cada lado, além de três empates.

LEIA MAIS! Daronco? Torcida zoa nova mascote do Flamengo

Flamengo e Racing se enfrentaram na maioria das vezes nas décadas de 50 e 60, em amistosos internacionais. Nos anos 90, eles se encontraram pela Supercopa Libertadores, torneio que reunia os campeões da Libertadores, e o clube argentino se deu melhor. Em 1992, após empate por 3 a 3 no Pacaembu, o Racing venceu na Argentina por 1 a 0 e eliminou o clube carioca.

Confrontos históricos do Flamengo contra argentinos

Flamengo atropela o River em 1982

Publicidade

Campeão da Libertadores de 1981, o Flamengo entrou diretamente na fase semifinal do torneio de 1982, como previa o regulamento. Além do Rubro-Negro, o grupo era composto pelo Peñarol e pelo River Plate. O Fla passou por cima dos argentinos, com duas vitórias (3 a 0 no Monumental de Núñez e 4 a 2 no Maracanã). Porém, o Peñarol foi o líder do grupo e avançou para a decisão.

Flamengo Flamengo passou por cima do River Plate | Foto: Reprodução Vídeo

Flamengo eliminado pelo Boca Juniors em 1991

Na Libertadores de 1991, o Flamengo enfrentou o Boca Juniors nas quartas de final. No Maracanã, vitória rubro-negra por 2 a 1, gols de Marquinhos e Gaúcho. O Boca fez 3 a 0 na La Bombonera e eliminou o clube carioca.

Flamengo x Boca Juniors Em 1991, Flamengo caiu para o Boca Juniors | Foto: Reprodução

Copa Ouro 1996

Além das duas Libertadores, do Mundial, da Mercosul e da Recopa Sul-Americana, o outro título internacional do Flamengo é a Copa Ouro, extinto torneio organizado pela Conmebol, de 1996. Na ocasião, na semifinal, o Rubro-Negro bateu o Vélez Sarsfield por 2 a 1, dois gols de Fábio Baiano, e avançou para a final, na qual derrotou o São Paulo.

Flamengo, Copa Ouro Flamengo passou pelo Vélez para ser campeão da Copa Ouro | Foto: Reprodução

Goleada sobre o Independiente

Publicidade

Na caminhada rumo ao título da Mercosul de 1999, o Flamengo deixou o Independiente para trás. Em confronto pelas quartas de final, após empate por 1 a 1 no jogo de ida, na Argentina, o Rubro-Negro fez 4 a 0 no Maracanã, gols de Romário, Fábio Baiano e Leandro Machado, duas vezes, e avançou.

Romário Romário estufou a rede na goleada de 1999 | Foto: Reprodução

Vice na Mercosul de 2001

O San Lorenzo levou a melhor sobre o Flamengo na final da Mercosul. No jogo de ida, no Maracanã, 0 a 0. A partida de volta só foi realizada em janeiro de 2002, em função da crise política vivida pela Argentina naquela época. Após empate por 1 a 1 no tempo normal, o clube argentino levou a melhor nos pênaltis e ficou com o título.

Flamengo Jogadores do Flamengo antes da disputa por pênaltis | Foto: Reprodução

Queda precoce em 2017

O Fla precisava do empate na última rodada da fase de grupos da Libertadores de 2017. O clube carioca saiu na frente, com gol de Rodinei, mas levou a virada do San Lorenzo. A derrota eliminou o Fla.

Flamengo Flamengo levou virada nos acréscimos | Foto: Reprodução

Vice no Maracanã

Publicidade

Além da decepção na Libertadores, o Fla fechou 2017 com um vice-campeonato no Maracanã. Após perder o jogo de ida da final da Sul-Americana para o Independiente por 2 a 1, o clube carioca empatou por 1 a 1 no Maraca e viu a festa ser argentina.

Independiente superou o Fla em 2017 | Foto: Gilvan de Souza / Flamengo

Título histórico sobre o River Plate

O torcedor rubro-negro não precisa nem fechar os olhos para relembrar o dia 23 de novembro de 2019. Na final contra o River Plate, o Flamengo escreveu uma virada épica. O clube carioca marcou aos 43 e aos 46 minutos do segundo tempo, com Gabriel Barbosa, para virar sobre o River e conquistar o bicampeonato da Libertadores.

Gabriel Barbosa Gabigol foi o cara da final contra o River Plate | Foto: Alexandre Vidal / Flamengo / Divulgação