Publicidade

Após o dia de folga o elenco do Flamengo voltou aos trabalhos nesta quinta-feira. Na agenda do time mais dois jogos importantes. No sábado tem duelo contra o Volta Redonda pelas semifinais do Campeonato Carioca. Na próxima terça-feira, choque com a LDU, no Equador, pela Copa Libertadores. Mas a boa notícia na atividade foi a presença em campo do zagueiro Rodrigo Caio. O jogador treinou de forma leve e aumentou as chances de voltar ao time.

Com uma uma fibrose na coxa direita, Rodrigo Caio ficou de fora das últimas partidas do Flamengo. Entretanto o jogador dá sinais claros de que está em condições de ser usado em breve. Mas aí a decisão sobre a escalação ficará com o técnico Rogério Ceni.

Rodrigo Caio em ação no treino do Flamengo. Mas sem volta garantida (Foto: Alexandre Vidal/Flamengo)

Rogério Ceni ainda não definiu o time que vai enfrentar o Volta Redonda. Isso só deve acontecer na atividade desta sexta-feira. Existe a possibilidade dele preservar os titulares contra o Voltaço, priorizando a Libertadores. Outra possibilidade é mandar a campo um time alternativo, mesclando reservas e titulares.

Publicidade

Caso Rodrigo Caio seja liberado o treinador vai decidir se o escala para ganhar ritmo de jogo ou se o preserva com medo de que o jogador volte a se lesionar. Assim vai demonstrar que a prioridade é mesmo o duelo contra a LDU, considerado um dos mais complicados da primeira fase da Libertadores.

Rodrigo Caio treinou na folga

Rodrigo Caio esteve também no Ninho do Urubu no dia da folga do elenco, na quarta-feira. Os jogadores ganharam o descanso após a goleada de 4 a 1 aplicada no La Calera do Chile, no Maracanã, pela Copa Libertadores. Mas o zagueiro trabalhou com empenho. Assim agilizou sua recuperação.

Relacionadas

Maracanã Flamengo

Rodrigo Caio não joga desde o dia 17 de abril, quando se lesionou durante o empate por 2 a 2 com a Portuguesa pelo Campeonato Carioca. O jogador perdeu as partidas contra Vélez Sarsfield e La Calera pela Libertadores e contra o Volta Redonda pela decisão da Taça Guanabara.

Além de ver Gustavo Henrique e Bruno Viana cometendo uma série de falhas, Rodrigo Caio observou do departamento médico o único que transmite confiança no setor ser um improvisado. O volante Willian Arão tem atuado no posto, algo que não deve mudar nem com o retorno de Caio. Assim caminha a defesa flamenguista. Mas agora com a esperança da volta do seu xerife.

Comentários