Botafogo

Versatilidade foi fator decisivo para o acerto com Rafael Forster

Rafael Forster quer defender o Botafogo (Foto: Instagram)

A diretoria do Botafogo foi facilmente convencida pelo técnico Paulo Autuori a acertar com o zagueiro Rafael Forster. O treinador pediu aos dirigentes que ele fosse um dos principais alvos na janela de transferências internacionais. Assim como Salomon Kalou, o defensor foi o segundo nome que o técnico conseguiu emplacar. Isso porque Autuori traçou como perfil principal para aquisições, atletas que possam jogar em várias posições. Assim a versatilidade foi fator decisivo para o acerto com Rafael Forster.

Rafael Forster combate atacante do Espanyol pela Liga Europa (Foto: Getty)

Rafael Forster é zagueiro de origem, revelado nas categorias de base do Internacional. Mas aos poucos foi desenvolvendo as suas habilidades. Canhoto, foi usado várias vezes na lateral esquerda do Ludogorets da Bilgária, onde trabalhou com Paulo Autuori. O jogador também pode atuar como volante.

Leia também:

Botafogo visa 50 mil novos sócios-torcedores com Salomon Kalou
Salomon Kalou vai receber menos do que Diego Souza no Botafogo

Autuori fez pressão por Rafael Forster

A pressão de Autuori foi grande. O treinador já tinha dito que os reforços tinham que se enquadrar dentro do perfil de necessidades do elenco. Sem tanto dinheiro para ir ao mercado, a ideia seria investir em jogadores versáteis.

– Eu não conhecia o Rafael Forster, mesmo ele sendo revelado no Inter. Confesso isso, pois fiquei sabendo do atleta pelo Autuori. Mas vai agregar muito porque pode jogar em três posições. A versatilidade é algo importante – disse Ricardo Rotenberg, membro do conselho gestor do clube, em entrevista à “Rádio Tupi”.

Versatilidade foi fator decisivo para o acerto com Rafael Forster (Foto: Instagram)

A necessidade de um zagueiro experiente surgiu no Botafogo desde que o clube rescindiu o contrato do argentino Joel Carli. Atualmente Marcelo Benevenuto e Kanu formam a dupla de zaga titular, mas apenas o primeiro não é questionado. Ruan Renato, contratado após se destacar pelo Figueirense no ano passado, e Sousa, promovido das categorias de base em junho, são as demais opções para o setor.

Rafael Forster foi revelado nas categorias de base do Internacional, sendo em prestado em seguida ao Náutico. Defendeu o Goiás em 2015, se transferindo em seguida para o futebol ucraniano, onde defendeu o Zorya. No fim de 2017 foi para o Ludogorets.

Você Também pode gostar