Publicidade

Fluminense e Botafogo disputaram um amistoso na tarde deste sábado e o Tricolor levou a melhor. Com um gol de Michel Araújo no segundo tempo no Nilton Santos, o Flu levou pra casa a Taça Gerson.

Nenê acerta adversário e leva o amarelo em jogo quente (Foto: Reprodução Youtube)

A partida foi bem disputada no primeiro tempo, mas com muitas substituições, caiu de nível na etapa final. As duas equipes se preparam para a estreia no Campeonato Brasileiro e voltam a se enfrentar no próximo sábado.

Leia também:

Publicidade

Cortez foi avisado por Autuori na terça que estava fora dos planos

Nenê, sobre renovação: ‘É uma vontade das duas partes’

Jogo disputado

Fluminense e Botafogo encararam com muita seriedade a partida deste sábado. Mesmo não valendo três pontos, não faltaram entrega e esforço na busca pelo resultado. O Tricolor repetiu a postura adotada nas finais do Carioca contra o Flamengo e jogou fechado. A equipe de Odair Hellmann concentrou a posse de bola, mas foi o Alvinegro que teve as melhores chances. Destaque pelo desempenho do lado esquerdo do Fogão com Guilherme Santos e Danilo Barcelos.

Publicidade

O primeiro lance de perigo foi um chute de Marcos Paulo sobre o travessão, aos 2 minutos.

O Fogão respondeu num belo lance de Bruno Nazário. O meia recebeu cruzamento da esquerda, matou no peito e deu um lençol em Egídio antes de acertar uma bicicleta no travessão.

Aos 34, novo cruzamento de Guilherme Santos, a defesa rebateu e a bola sobrou para Barrandeguy tentar de canhota. A bola desviou na zaga e saiu à esquerda de Muriel.

Publicidade

O Bota quase abriu o placar aos 40 numa cabeçada de Pedro Raul após cruzamento de Danilo Barcelos.

O Flu finalmente teve uma boa chance no final do primeiro tempo. Evanílson recebeu de Marcos Paulo mas errou a finalização.

Quem não faz leva

O Botafogo melhorou no meio de campo e continuou mais perigoso no segundo tempo. Foi por pouco que não fez o primeiro aos 16. Bruno Nazário lançou de primeira e Guilherme Santos avançou sozinho até tocar na saída de Muriel. Calegari consegue chegar e tira quase em cima da linha e toca para escanteio.

Publicidade

O gol ficou maduro aos 24. Hudson derruba Honda na área e o árbitro marca pênalti. Pedro Raul foi para a cobrança mas bateu muito mal. A bola foi longe do gol, por cima do travessão.

Aos 28, Michel Araújo, que acabara de entrar em campo na vaga de Nenê, tirou o zero do placar. Na pressão do Flu, bola levantada da esquerda e Caio Alexandre afasta de cabeça. Michel Araújo aproveitou a sobra e bateu de canhota tirando de Diego Cavalieri.

Dois minutos depois, o Botafogo teve uma boa oportunidade na cobrança de uma falta da entrada da área. Barrandeguy bateu por cobertura e abola passou muito perto da trave após desviar na barreira.

Publicidade

O jogo caiu de ritmo e o Fluminense segurou o placar até o apito final.

FICHA TÉCNICA
FLUMINENSE 1 X 0 BOTAFOGO

Local: estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro (RJ)
Data: 25 de julho de 2020, sábado
Hora: 17h (de Brasília)
Cartões amarelos: Nenê, Nino, Ganso (Flu); Bruno Nazário, Digão (Bota)
Gol:
FLUMINENSE: Michel Araújo, aos 28 min do 2º tempo

Publicidade

FLUMINENSE: Muriel, Calegari, Nino, Digão e Egídio; Hudson, Dodi, Yago (Miguelzinho) e Nenê (Michel Araújo); Marcos Paulo (Ganso) e Evanílson (Caio Paulista)
Técnico: Odair Hellmann

BOTAFOGO: Gatito Fernández (Diego Cavalieri), Barrandeguy, Marcelo Benevenuto, Kanu e Guilherme Santos; Caio Alexandre (Luiz Otávio), Honda, Bruno Nazário e Danilo Barcelos (Lecaros); Luiz Fernando (Cícero) e Pedro Raul (Matheus Babi)
Técnico: Paulo Autuori