Publicidade

No dia do aniversário do Botafogo o presente de grego foi do Operário. O time paranaense, jogando em Ponta Grossa, derrotou o Glorioso por 1 a 0 na rodada 17 da Série B do Campeonato Brasileiro. O resultado quebrou a série do Alvinegro carioca, que vinha de quatro vitórias seguidas.

Com o resultado o Botafogo ficou estacionado nos 25 pontos e perdeu a chance de encostar no G-4. Já o Operário tem dois pontos a mais.

Paulo Sérgio comemora seu gol (Foto: Twitter Operário)

O Botafogo volta a campo pela Série B do Campeonato Brasileiro no domingo. O Glorioso recebe o lanterna Brasil de Pelotas no Estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro (RJ). Um pouco mais tarde, às 20h30(de Brasília), novamente no Paraná, o Operário recebe o Brusque.

Operário abriu o placar no começo

Publicidade

Um chute de Paulo Sérgio com um minuto de jogo que o goleiro Diego Loureiro defendeu. Um cruzamento de Guilherme Santos aos dois minutos que terminou com um complemento de Rafael Navarro e um milagre do goleiro Simão. Assim Operário e Botafogo mostraram que buscariam o gol logo de cara.

Mas foi o Operário quem abriu o placar, aos sete minutos. Thomaz avançou pela esquerda e cruzou, Diego Loureiro saiu mal do gol e Paulo Sérgio escorou para o fundo da rede.

O Botafogo sentiu o golpe e passou a ter problemas para ficar com a bola. Por muito pouco o Operário não ampliou aos 23 minutos. Após cobrança de escanteio Rodrigo Pimpão chutou de dentro da área e Diego Loureiro defendeu.

Relacionadas

Botafogo Bolsonaro

Publicidade

A resposta do Botafogo quase veio em forma de golaço aos 34 minutos. Pedro Castro lançou Marco Antônio na direita, ele tentou cruzar, mas acabou chutando direto e a bola tocou no travessão de Simão. Já aos 36 o arqueiro salvoiu uma bomba de Diego Gonçalves de fora da área.

No último lance de perigo o Botafogo teve uma sequência de finalizações. Simão salvou em cima da linha cabeçada de Diego Gonçalves. Em seguida Oyama finalizou da entrada da área e tirou tinta da trave esquerda.

Temporal prejudicou segundo tempo

Paulo Sérgio sobe para mandar a bola para a rede (Foto: Twitter Operário)

Na volta para o segundo tempo o Botafogo seguiu mais ofensivo. Aos oito minutos Marco Antônio chutou de fora da área à direita de Simão.

Publicidade

Mas com o campo muito molhado por conta do temporal o jogo foi ficado pesado, com o Botafogo tendo dificuldade para pressionar. O Operário então aproveitou para assustar e quase ampliou aos 26 minutos, quando Paulo Sérgio foi impedido de chutar para o fundo da rede por conta da boa ação de Gilvan.

No último lance a bola tocou na mão do zagueiro Odvan após complemento de Gilvan. Pênalti claro. Assim o jogou acabou com triunfo paranaense.

FICHA TÉCNICA:
OPERÁRIO-PR 1 X 0 BOTAFOGO-RJ

Publicidade

Local: Estádio Germano Kruger, em Ponta Grossa (PR)
Data: 12 de agosto de 2021, quinta-feira
Hora: 21h30 (de Brasília)
Árbotro: Douglas Marques das Flores (SP)
Assistentes: Miguel Cataneo Ribeiro da Costa (SP) e Evandro de Melo Lima (SP)
Renda e público: jogo disputado sem a presença de público por conta da pandemia
Cartões amarelos: Leandro Vilela (Operário) e Rafael Navarro, Barreto (Botafogo)
Gols:
OPERÁRIO: Paulo Sérgio aos 7 minutos do 1º Tempo

OPERÁRIO: Simão, Alex Silva, Reniê, Rodolfo Filemon e Fabiano; Leandro Vilela, Marcelo Santos e Rafael Longuine (Lucas Mendes) (Rafael Oller); Thomaz (Clayton), Paulo Sérgio (Schumacher) e Rodrigo Pimpão (Odvan)
Técnico: Matheus Costa
BOTAFOGO: Diego Loureiro, Daniel Borges, Gilvan, Kanu e Guilherme Santos (Hugo); Barreto, Luís Oyama (Matheus Frizzo), Pedro Castro (Rafael Moura) e Marco Antônio (Felipe Ferreira); Diego Gonçalves e Rafael Navarro (Matheus Nascimento)
Técnico: Enderson Moreira

 

Comentários