Publicidade

O destaque pela Portuguesa, no Campeonato Carioca, levou Chay ao Botafogo. O meia-atacante, de 31 anos, foi um dos principais nomes do Fogão na campanha do título da Série B. Ele soma oito gols e oito assistências no torneio.

Chay só tem motivos para sorrir diante de uma temporada especial. O meia-atacante deu nota alta para o que classificou de “ano mágico”.

Chay Botafogo Chay vive caso de amor com o Botafogo (Foto: Vitor Silva/ Botafogo)

– Dez é perfeição e nenhum ser humano consegue alcançar a perfeição. Seria uma nota 9, foi um ano mágico. Tive números de atacantes que jogam no último terço do campo e tenho feito bem a minha função de armador, mas 10, não (risos). Acho que um 9,5 está de bom tamanho – declarou Chay, à “Super Rádio Tupi”.

Relacionadas

Chay Botafogo
Kanu Botafogo

Publicidade

O Botafogo já cumpriu a missão na Série B e conquistou o título com uma rodada de antecedência. Agora, o Fogão vai se despedir do torneio, neste domingo, contra o Guarani, no Estádio Nilton Santos.

Palmeiras entra na briga por Navarro e vira ameaça para o Botafogo

Chay prega seriedade para o Botafogo fechar a Série B ao melhor estilo possível. Entretanto, ele ainda é dúvida para o duelo. O meia-atacante sente dores em tendões fibulares da perna direita.

Publicidade

– O clima é de festa, mas a gente entende que tem de respeitar o adversário. Vamos jogar o jogo, eles ainda têm chance de acesso. Vamos jogar como jogamos desde o princípio, com seriedade para terminar o ano com chave de ouro. Espero poder estar ajudando o Botafogo, mas ainda é cedo pra dizer se vou conseguir estar em campo ou não contra o Guarani – acrescentou Chay.

Comentários