Publicidade

O Botafogo internamente carrega grande confiança de que o clube vai conseguir ainda em 2021 começar o seu projeto de transformação do clube em empresa. O Glorioso aguarda apenas a aprovação no Congresso Nacional em segunda votação para colocar a mão na massa.

Apesar de os dirigentes não falarem abertamente, o clube já tem investidores interessados e o modelo está muito bem definido. O CEO Jorge Braga tem cuidado diretamente do assunto com o total apoio do presidente Durcesio Mello.

Jorge Braga chegou com respaldo ao Botafogo. Mas já mostrou força (Foto: Botafogo TV)

Hoje o Botafogo tem investidores se o Congresso aprovar o projeto. São grupos de fora do país e com capital para investimento. Mas não há uma palavra dita sobre isso no clube para não atrapalhar negociações.

Publicidade

MAIS! Botafogo prepara a sua barca. Mas com cautela. 

Esta semana Jorge Braga elogiou o modelo que o clube conseguiu organizar, baseado na SAF (Sociedade Anônima do Futebol) que está sendo aprovada pelo Congresso.

– Um projeto neste sentido precisa atrair dinheiro novo sabendo lidar bem com a dívida, que não é pouca. O Botafogo tem uma reputação de marca, uma visibilidade no mundo inteiro, com um histórico gigantesco. Tem um conjunto de ativos muito relevantes, desde as seis sedes, e com um histórico de formação de atletas, direitos econômicos, muito grande. Eu acho de longe o Botafogo o melhor produto de investimento do mercado – disse ele ao “SporTV”.

Relacionadas

Publicidade

O projeto deve ser aprovado pelo Congresso ainda em setembro. Além disso os parlamentares devem derrubar alguns vetos do presidente Jair Bolsonaro. Assim o Congresso deve aprovar o projeto original, considerado melhor pelo Botafogo.

Comentários