Publicidade

O comando de ataque do Botafogo terá um titular diferente no duelo com Remo, neste sábado, pela 22ª rodada da Série B. Rafael Moura deve herdar a vaga de Rafael Navarro. O dono do posto levou amarelo na vitória sobre o Coritiba e vai cumprir suspensão. Sendo assim, é a esperada chance de ter mais minutos que Rafael Moura vem aguardando pacientemente no Botafogo.

Como chegou ao Botafogo em junho, vindo de um período de inatividade, Rafael Moura precisou passar por um processo de recondicionamento. Naturalmente, iniciou a trajetória pelo clube como opção no banco de reservas. Entretanto, esta condição não mudou. He-Man soma 18 jogos pelo Fogão. Entrou no segundo tempo de todos. Curiosamente, a estreia dele pelo clube foi contra o Remo, no primeiro turno.

Rafael Moura Botafogo Rafael Moura deve ser titular pela primeira vez | Foto: Vitor Silva / Botafogo / Divulgação

Ao todo, Rafael Moura disputou 269 minutos pelo Botafogo, quase a minutagem de três jogos somados. Ele fez um gol até aqui – na vitória sobre a Ponte Preta, pela 16ª rodada da Série B, no Nilton Santos. Na ocasião, inclusive, ele pediu mais tempo em campo.

Relacionadas

Enderson Moreira Botafogo

Publicidade

– Tomara que venha uma sequência maior de minutos e de gols também. Atacante precisa estar em campo para mostrar o seu potencial – afirmou, na época, após destacar o processo de recondicionamento que precisou passar.

MAIS! Abre o olho, Botafogo! Clube paulista quer contratar Kanu

Até aqui, o máximo que jogou em uma partida foi na derrota para o Brusque. Rafael Moura atuou por 28 minutos. Pouco para o experiente centroavante, de 38 anos. Entretanto, a boa fase de Navarro explica o pouco tempo em campo de He-Man. Navarro soma sete gols e seis assistências nesta Série B. A brecha surgiu mesmo com a suspensão.

A missão de Rafael Moura no Botafogo

Publicidade

He-Man deve ter a responsabilidade de substituir um dos principais nomes do Botafogo na temporada. Navarro marcou nos últimos três jogos – fez o da vitória sobre o Coritiba, na última rodada.

Rafael Moura Botafogo A comemoração de Rafael Moura contra a Ponte Preta | Foto: Vitor Silva / Botafogo / Divulgação

Além disso, Rafael Moura tem a missão de ser a referência ofensiva de um embalado Botafogo. O Fogão ostenta uma série de quatro jogos de invencibilidade, sendo três vitórias e um empate.

LEIA MAIS! Botafogo agiliza a chegada de dois reforços e pode trazer mais

Publicidade

A sequência positiva fez o Botafogo chegar ao G-4 da Série B. O clube carioca está na quarta colocação, com 35 pontos. Na próxima rodada, o Fogão enfrenta o Remo, neste sábado, às 16h30 (de Brasília), pela 22ª rodada. Deve ser a aguardada oportunidade que Rafael Moura esperava.

Comentários