Publicidade

O Botafogo que está nas quartas de final do Campeonato Brasileiro Sub-20 tem uma geração pedindo passagem. Alguns jogadores inclusive já tiveram experiências na equipe principal nos últimos meses. Mas internamente a expectativa em ver esses nomes atuando pelos profissionais é equilibrada e até contida. Tudo para não queimar etapas.

Jogadores como o volante Kauê, o meia Juninho e os atacantes Ênio e Matheus Nascimento são vistos como verdadeiras joias. O último então já teve propostas milionárias de fora do país e o Glorioso recusou. Isso porque a expectativa é que ele possa em breve render mais do que 50 milhões de euros (hoje mais de R$ 300 milhões).

Matheus Nascimento Botafogo Matheus Nascimento reforça o time do sub-20 (Foto: Thiago Ribeiro / Botafogo)

O técnico Enderson Moreira tem acompanhado alguns jogos do time. Assim vem analisando os jogadores. Mas sem pressa no sentido de usá-los no time principal. O treinador conta com alguns deles quando existe a necessidade de compor o banco de reservas.

MAIS! Botafogo vai se movimentar por Marcelo

Publicidade

Desses Ênio e Matheus Nascimento são os que tiveram mais oportunidades com o time principal.

– O pensamento é sempre o de ajudar o Botafogo e ir buscando a evolução. Cada coisa a seu tempo. O meu sentimento é sempre de fazer o meu melhor em campo quando sou chamado – disse Matheus Nascimento.

Relacionadas

Na quarta-feira o Botafogo encerrou a sua participação na fase de classificação com um empate por 2 a 2 com o Corinthians no Rio de Janeiro. O Glorioso entrou em campo neste jogo com a classificação assegurada.

Comentários