Publicidade

Eduardo Barroca está de volta ao Botafogo. A missão é clara: tirar o time da zona de rebaixamento. Além dos problemas em campo, Barroca precisa lidar com outras situações, como a recente declaração do meia Honda. Nesta sexta-feira, o japonês mostrou insatisfação com a situação do clube e revelou que começa a pensar em deixar o Fogão.

Eduardo Barroca, Botafogo Barroca mostra confiança em tirar o Botafogo do Z-4 | Foto: Botafogo / Divulgação

Ao ser apresentado pelo Botafogo, neste sábado, Barroca foi perguntado se iria conversar com Honda. Ele não falou diretamente no nome do japonês e pregou a necessidade de união para superar o momento difícil.

LEIA MAIS! Ramón Díaz se pronuncia sobre demissão no Botafogo

Publicidade

“Evidentemente que eu conto com todos os jogadores do Botafogo. É um momento para a gente se juntar, ter uma competição interna forte. Tenho certeza de que todos os jogadores vão contribuir para que a gente mude esse cenário atual e consiga entregar o resultado que o torcedor tanto espera e que a gente também tem uma expectativa muito alta que aconteça”, declarou Barroca.

Honda demonstra incômodo no Botafogo

Nesta sexta-feira, no dia em que o Botafogo comunicou a saída de Ramón Díaz e o retorno de Barroca ao clube, Honda foi ao Twitter e deixou claro seu incômodo. O japonês revelou que pode até mesmo deixar o clube.

LEIA MAIS! Filho de Ramón Díaz dá outra versão e esquenta polêmica com Botafogo

Publicidade

“Inacreditável. Vou começar a pensar em ir embora se eles não convencerem em alguns dias”, postou Honda.

MAIS! Felipe Neto, Moreira Salles… presidente quer ‘reunir dinheiro’ no Botafogo

O Botafogo ainda não se posicionou oficialmente sobre a declaração de Honda.

Publicidade

Com 20 pontos, o Botafogo é o 19º colocado no Brasileiro. O time tem cinco pontos a menos em relação ao Sport, 1º clube fora do Z-4.