Publicidade

O rebaixamento no Campeonato Brasileiro é algo que o Vasco ainda tenta reverter na Justiça. Mas a diretoria sabe que precisa pensar na temporada de 2021. Assim novidades devem acontecer no time da Colina para aSérie B. A dupla de zaga, por exemplo, pode ser formada pore jogadores que têm identificação com o clube. Ricardo Graça e Marcelo Alves caíram nas graças da torcida e devem ser os xerifes do setor em 2021.

Marcelo Alves vem rendendo bem (Foto: Rafael Ribeiro/ Vasco)

O Vasco encerrou sua participação no Campeonato Brasileiro com uma vitória por 3 a 2 sobre o Goiás. No segundo tempo da partida, a zaga foi formada por Marcelo Alves e Ricardo Graça, e há indícios que esta será a dupla titular em 2021.

LEIA MAIS! Luxemburgo cumpre acordo no saída do Vasco 

Publicidade

Jogando em São Januário, o Cruzmaltino saiu na frente com um gol de Germán Cano. Entretanto, ainda no primeiro tempo, tomou a virada do Goiás. Na segunda etapa, Ricardo Graça se tornou o herói da virada ao marcar dois gols de cabeça.

Ricardo Graça é ídolo da torcida

Cria da base, Ricardo Graça, junto com Cano, foram os atletas mais elogiados pela torcida nas redes sociais. Os dois ficaram isentos da revolta do torcedor com o rebaixamento à Série B.

O capitão Leandro Castán, que deixou o campo para a entrada de Marcelo Alves, pode ser um dos jogadores a deixar o clube na planejada reformulação do elenco. Aos 34 anos, ele já não é unanimidade no clube, além do salário elevado. Em postagem na sua conta no Instagram, ele próprio admitiu a incerteza sobre o futuro.

Publicidade

LEIA MAIS! Vasco já prepara a sua barca

“Espero q dessa vez o Vasco aprenda com essa queda pra q seja a última de um clube gigante q não pode estar lá embaixo, o futuro agora é incerto pra todos, só queria dizer q tenho um orgulho imenso em ter vestido e vestir essa camisa!!!” – disse Castán.

Vasco quer prorrogar vínculo de Marcelo Alves

Ricardo Graça caiu nas graças da torcida do Vasco (Foto: Divulgação)

Marcelo Alves chegou ao Vasco no meio do ano por empréstimo do Madureira e ganhou espaço na reta final do Brasileirão. Aos 23 anos, e com salário compatível com a nova realidade vascaína, pode ter seu compromisso, que vence neste domingo, estendido.

Publicidade

Segundo reportagem do Uol Esporte, o presidente do Madureira, Elias Duda, admitiu a sondagem do Vasco.

– Aquele garoto, o Pássaro (Alexandre Pássaro-diretor executivo de futebol), me ligou e ficamos de conversar sobre o assunto depois do jogo – afirmou o dirigente.