Publicidade

A diretoria do Vasco anunciou na tarde desta terça-feira que o atacante Guilherme Parede teve seu contrato rescindido pelo clube carioca. O motivo foi o pedido do Talleres da Argentina, que quer contar com o futebol do atleta.

Guilherme Parede deixou o Vasco (Foto: Rafael Ribeiro/ Vasco)

O Talleres emprestou Guilherme Parede ao Vasco até 31 de dezembro com possibilidade de o clube carioca adquirir em definitivo os direitos federativos do jogador. Mas uma cláusula previa o retorno imediato no caso de os argentinos precisarem do atleta.

Leia também:

Publicidade

Por meio de suas redes sociais o Vasco divulgou uma nota oficializando a situação: “O Vasco da Gama informa que Guilherme Parede não é mais jogador do clube. O retorno do atleta foi solicitado pelo Talleres (ARG), equipe dona do seu passe, e a rescisão antecipada do empréstimo foi acertada em comum acordo. O Gigante da Colina agradece ao empenho do atleta durante o período no clube e o deseja sorte na sequência da carreira.”.

Vasco usou pouco Parede

Talleres pediu a volta de Guilherme Parede (Foto: Reprodução Youtube)

Parede nunca se firmou desde que chegou ao Vasco. Atuou apenas em 13 partidas, a maioria entrando no decorrer do jogo. Além disso não marcou nenhum gol. Na semana passada Parede deu o passe para o gol de Tiago Reis na vitória de 1 a 0 sobre o Caracas na Copa Sul-Americana.

A CBF registrou a rescisão de contrato de Guilherme Parede no Boletim Informativo da CBF (BID). Assim Parede vai se apresentar ao Talleres. O Vasco não informou se vai procurar algum jogador especificamente para repor a perda do atacante.