Publicidade

O Ministério Público entrou com um ação contra o Vasco nesta terça-feira após o clube não cumprir a decisão de readmitir 186 funcionários. No entanto, horas depois, o Tribunal Superior do Trabalho reverteu a decisão.

O TST deu parecer favorável ao Vasco e cancelou a readmissão dos funcionários. Com isso, segue valendo a decisão da diretoria.

Alguns ex-funcionários chegaram a ir a São Januário nesta terça-feira (Divulgação)

“Ante o exposto, com fundamento no parágrafo único do artigo 13 do RICGJT, DEFIRO parcialmente a liminar requerida para conceder efeito suspensivo ao Agravo Regimental no Mandado de Segurança no 0101661-38.2021.5.01.0000, com a consequente suspensão da ordem de reintegração até que ocorra o exame da matéria pelo órgão jurisdicional competente para o exame do respectivo agravo”, publicou o TST.

Publicidade

A demissão dos funcionários aconteceu em março, no início da gestão de Jorge Salgado. Na época, o mandatário destcou que a saída representava a queda de 35 % da folha salarial do clube.

Relacionadas

Jorge Salgado Vasco
Benítez Vasco

Desde então, os funcionários, juntamente com o Sindiclubes, tenta um acordo com o Vasco. A proposta de pagamento parcelado da rescisão foi negada em assembléia.

Comentários