Vasco

Top 10: As vendas mais caras da história do Vasco

Paulinho (Divulgação CRVG)

O Vasco da Gama vive a expectativa de realizar em breve a maior de todas as vendas de sua história. Promovido à equipe profissional aos 17 anos em 2019, o atacante Talles Magno é visto como uma grande promessa. A velocidade, os dribles e a ousadia do jovem da base podem render um socorro providencial aos cofres do clube.

Entretanto, mesmo em situação financeira difícil, o Cruzmaltino não irá liberar sua joia por qualquer valor. Estima-se que Talles não deixará São Januário por menos do que 20 milhões de euros. Esta quantia é suficiente para colocá-lo no topo das maiores vendas do Cruzmaltino.

Vender suas promessas ainda muito jovens não é novidade para o clube de São Januário. Foi assim com Philippe Coutinho, Danilo, Alex Teixeira, Douglas, Paulinho e outros. Confira a seguir as dez maiores vendas do Vasco (em euros):

Leia também:

Vasco treinará no estádio do São Cristóvão esta semana

Breno pode virar ‘reforço’ no Vasco para o Brasileiro

10. Luan – 3 milhões

Luan (Divulgação CRVG)

Em 2017, o Vasco negociou o zagueiro Luan com o Palmeiras por 3 milhões de euros. Formado na base do clube, ele foi campeão olímpico com a Seleção Brasileira em 2016.

9. Philippe Coutinho – 3,8 milhões

Philippe Coutinho (Divulgação CRVG)

Recém promovido da base, o craque Philippe Coutinho partiu muito cedo em 2010. Seu destino foi a a Internazionale de Milão, da Itália, por 3,8 milhões de euros.

8. Danilo – 4,5 milhões

Danilo Barbosa (Divulgação/CRVG)

O volante Danilo foi comprado por um grupo de empresários em 2013 por 4,5 milhões de euros, antes de ser promovido aos profissionais. Foi repassado ao Braga, de Portugal no ano seguinte com apenas 18 anos.

7. Dedé – 5 milhões

Dedé (Divulgação CRVG)

O zagueiro Dedé foi a maior venda do Vasco para um clube do Brasil. Ele foi negociado com o Cruzeiro em 2013 por 5 milhões de euros.

6. Alex Teixeira – 6 milhões

Alex Teixeira (Divulgação CRVG)

Considerado “revelação mundial” pela FIFA em 2008, o meia Alex Teixeira deixou o Vasco dois anos depois. Seu destino foi o Shakhtar Donetsk, da Ucrânia, por 6 milhões de euros.

5. Edmundo – 7 milhões

Edmundo (Divulgação CRVG)

O Animal foi negociado em 1997 para a a Fiorentina, da Itália, por 7 milhões de euros.

4. Rômulo – 8 milhões

Rômulo (Divulgação CRVG)

O volante Rômulo chegou ao Vasco com 19 anos no final de 2009. No seu segundo ano como profissional, se destacou nas campanhas do título da Copa do Brasil e vice-campeonato brasileiro. Em 2012 foi negociado com o Spartak Moscou, da Rússia por 8 milhões de euros.

3. Diego Souza – 8,2 milhões

Diego Souza (Divulgação/CRVG)

O Vasco fez um grande negócio com Diego Souza em 2012 ao vender o jogador ao Al-Ittihad, da Arábia Saudita. O Cruzmaltino comprou os direitos do jogador por menos de 1 milhão de euros em 2011 e faturou 8,2 milhões no ano seguinte.

2. Douglas – 15 milhões

Douglas (Divulgação/CRVG)

O volante Douglas foi uma das principais revelações do Vasco nos últimos anos. Ele foi promovido aos profissionais em 2016 e negociado no ano seguinte para o Manchester City, da Inglaterra, por 15 milhões de euros.

1. Paulinho – 18,5 milhões

Paulinho (Divulgação CRVG)

No topo da lista das vendas mais caras da história do Vasco está o atacante Paulinho. Em 2018, o Cruzmaltino negociou sua joia com o Bayer Leverkusen, da Alemanha, por 18,5 milhões de euros.

Você Também pode gostar