Publicidade

O técnico Ricardo Sá Pinto chegou ao Vasco e terá trabalho para acabar com a sequência negativa da equipe no Campeonato Brasileiro. O português só deve comandar os treinos com o elenco na próxima semana.

Sá Pinto conversou com o elenco em São Januário (Foto: Rafael Ribeiro)

Sá Pinto teve a primeira conversa com o elenco antes de ser apresentado oficialmente pelo Vasco. O treinador falou sobre o contato com os jogadores.

– Foi muito bom, positivo. Senti eles com disposição conseguirmos juntos termos resultados positivos. Eles sabem que venho de realidade diferente, mas eles estão receptivos. O time está bem mentalmente e isso é meio caminho andado. Além dos jogadores, fui bem recebido por todo o staff. Todos. Eles estão querendo ajudar para eu e minha equipe nos adaptarmos o mais rápido possível. Sobre a questão financeira, não cabe a mim falar – disse.

Publicidade

O novo comandante cruzmaltino não pode estar a beira do campo contra o Internacional, pois ainda aguarda os trâmites de liberação. Mesmo assim, Sá Pinto vai com a delegação para Porto Alegre.

– Não vou faltar. Serei mais um torcedor, vibrando para a gente buscar os três pontos. Foi isso que disse ao Alexandre e aos jogadores. Quero deixar isso público: ele tem feito um bom trabalho, foi campeão do sub-20. Vamos todos apoiá-lo para que possamos ganhar – declarou.

Leia também:

Publicidade

Sá Pinto comenta modelo de jogo que quer no Vasco

Na primeira entrevista, Sá Pinto diz que se sente em casa no Vasco

Na partida deste domingo, no Beira-Rio, o Vasco será comandado novamente por Alexandre Graselli, que será auxiliar de Sá Pinto a partir de agora no clube.