Publicidade

No processo de reformulação do elenco, o Vasco afastou vários jogadores com os quais não conta mais. Cinco atletas permanecem ‘encostados’ aguardando a definição do futuro. Mas surgiu a possibilidade do quinteto virar um pacotão de reforços para o Goiás, que assim como o Cruzmaltino, disputará a série B.

Segundo informações do site “Esmeraldino.com”, o técnico Pintado já deu o aval para a diretoria negociar com os jogadores. Entretanto, cada caso é um caso.

Henrique pode jogar pelo Goiás (Foto: Reprodução)

Os laterais Henrique e Neto Borges, por exemplo, têm contrato com o Vasco terminando no meio do ano. Enquanto o primeiro ficará sem clube, Neto tem seus direitos ligados ao Genk, da Bélgica e está no Cruzmaltino por empréstimo. O Goiás, portanto, terá que negociar com o clube Belga.

Publicidade

O volante Marcos Júnior, por sua vez, tem contrato até dezembro deste ano, mas não deve ser uma negociação difícil.

Leia também:

Andrey fica mais perto da renovação

Publicidade

Os dois atletas com contrato mais longo com o Vasco são Werley e Lucas Santos, ambos com vínculo até o fim de 2022.

Werley não está nos planos do Vasco, mas tem contrato até 2022 (Reprodução VascoTv)

Meia atacante, Lucas Santos tem 21 anos e foi destaque na base vascaína, mas não se firmou nos profissionais. Ele participou do vice-Campeonato da Copa São Paulo de 2019 e teve passagem pelo CSKA, da Rússia. Uma mudança de ares pode fazer bem à sua carreira e o Vasco não vai dificultar um empréstimo.

O caso mais complicado é o do zagueiro Werley, de 32 anos. O maior entrave é seu alto salário, que dificilmente o Goiás concordará em pagar. O Vasco, portanto, para se livrar do jogador, pode ter que concordar em continuar arcando com um percentual.

Comentários