Publicidade

Para afastar a pressão que rondava São Januário, o técnico Marcelo Cabo apostou em dupla de zaga experiente no Vasco. A parceria entre Leandro Castán e Ernando funcionou na vitória sobre o CRB, neste sábado, na Colina, pela Série B.

Castán, de 34 anos, voltou ao time titular, após se recuperar de um desconforto muscular. Já Ernando, de 33 anos, que ficou fora contra o Avaí, recebeu mais uma chance. Para Cabo, esta é a dupla de zaga ideal no momento.

Leandro Castán Vasco Castán é peça fundamental do time | Foto: Rafael Ribeiro / Vasco / Divulgação

– O treinador precisa ter convicção. Precisamos diferenciar teimosia de convicção. O treinador tem de ter esse equilíbrio. Quando contratamos o Ernando, foi com muita convicção, que trazíamos um jogador experiente, de muita qualidade, com uma bagagem muito grande, que iria agregar ao Vasco muitos valores. Claro que ele ficou um tempo em inatividade. Na volta ele sentiu um pouquinho a sequência. Por isso que o tirei do jogo de quarta. Ele vinha em uma sequência muito árdua e precisávamos dar uma recuperada para que ele voltasse – declarou o técnico, que projeta a sequência da dupla:

Publicidade

– Hoje a zaga Ernando e Castán é a que temos ideia para o próximo jogo, mas o futebol é muito dinâmico. Então precisamos entender a sequência. Foi uma dupla que deu encaixe, que deu liga hoje (sábado), terminamos o jogo sem tomar gol. Tivemos um sistema defensivo muito consistente. Não foi só a dupla de zaga, mas fico feliz pela entrega desses jogadores. Ernando sentiu cãibra no fim, mas disse que dava para ir até o fim e conseguimos terminar sem tomar gol. Esse é o espírito do Vasco.

MAIS! Cabo destaca mudança de atitude do Vasco: ‘Vitória traz confiança’

Capitão Castán lidera o Vasco

O comandante do Gigante da Colina também fez elogios ao zagueiro Leandro Castán, capitão do time, e peça importante em campo e no vestiário.

Publicidade

– Ele já tem uma história muito bonita no Vasco, de entrega, de dedicação, é o capitão, é o líder. Fez valer a braçadeira de capitão de quarta-feira para cá. Ele tomou a responsabilidade de capitanear os companheiros. E isso foi uma das circunstâncias que fez chegarmos a essa vitória. Ele vinha de um tempo de inatividade. Sabíamos que o planejamento era para ele voltar neste sábado. Não poderíamos antecipar essa volta. Tínhamos certeza de que ele seria importante, dentro do campo, no vestiário, liderando – acrescentou.

Com a vitória, o Vasco pulou para sete pontos e está na nona colocação da Série B. Na próxima rodada, o Gigante da Colina visita o Cruzeiro, nesta quinta-feira, às 21h30 (horário de Brasília).

Comentários