Vasco

Guarín se aproxima de saída e pode pendurar as chuteiras

Freddy Guarín (Reprodução Instagram)

O colombiano Freddy Guarín se aproxima de saída do Vasco da Gama. O jogador de 34 anos cogita inclusive a aposentadoria. O jogador esteve reunido com a cúpula do futebol do clube nesta terça-feira, mas nada foi divulgado.

Freddy Guarín (Reprodução Instagram)

O ex-jogador da Inter de Milão chegou ao Vasco em 2019 e, mesmo fora de forma, conquistou seu espaço. Sua técnica e personalidade em campo ficaram evidentes nas 12 partidas que disputou.

Entretanto, problemas particulares e atrasos de salários quase impediram a sua permanência em 2020. Mas Guarín retornou em fevereiro e renovou com o Vasco por 18 meses.

– Acho que ele é um grande jogador, com uma carreira brilhante. Nesse curto espaço de tempo que ele teve no Vasco já mostrou o que se esperava dele no ano passado. Esse ano ele fez apenas três jogos com a camisa do Vasco, muito tempo sem jogar. Eu volto a falar pra ele que ele tem que estar aqui de corpo e alma. De qualidade, do que ele representa, eu não preciso mais falar disso – disse Ramon em live no Canal Atenção Vascaínos.

Leia também:

Vasco negocia com dupla do Madureira

‘Os atletas são parceiros’, diz Ramon satisfeito com evolução

Vivendo problemas de relacionamento com a ex-esposa e sofrendo com a falta de comunicação com os filhos, situação agravada pela pandemia da Covid-19, Guarín foi liberado para viajar para a Colômbia. Ele foi o último a se reapresentar no retorno aos treinos e ainda não está treinando com o grupo.

A diretoria vascaína tem mostrado paciência, mas a situação deve ter uma definição nos próximos dias. No Brasil, ele já disse que só joga no Vasco, mas pensa em retornar à Colômbia para perto da família.

– Acho que isso vai se resolver e depende dele – concluiu Ramon.

Você Também pode gostar