Publicidade

Agora é com você, Lisca. O novo técnico do Vasco começa a trabalhar nesta sexta-feira. A missão não poderia ser outra: colocar o time nos trilhos e buscar o retorno à elite do futebol brasileiro.

O Vasco vem patinando na Série B. Até aqui, em 13 rodadas, o Gigante da Colina não figurou no G-4 nem sequer uma vez. E vai ter de esperar um pouco a mais. A distância para o Goiás, quarto colocado da Série B, é de quatro pontos.

Lisca Vasco Lisca assume o Vasco para colocar o time nos trilhos | Foto: Divulgação

A situação preocupa a torcida do Vasco. O rendimento do time é abaixo do que os torcedores esperavam. E inferior em relação às campanhas do Gigante da Colina na Série B. O clube carioca está na nona colocação, com 19 pontos – cinco vitórias, quatro empates e quatro derrotas. São 15 gols marcados e 14 sofridos – os piores números do Vasco em Série B.

Vasco na Série B

Publicidade

Em 2009, primeiro ano em que disputou a Série B, o Vasco tinha 23 pontos após a 13ª rodada e estava na quinta colocação – não figurava no G-4 por ter uma vitória a menos em relação ao Figueirense, quarto colocado. A campanha do Gigante da Colina apontava seis triunfos, cinco empates e duas derrotas, com 17 gols marcados e seis sofridos. O Vasco deslanchou e conquistou o título da Segundona.

Relacionadas

MT Vasco

O Vasco também estava na quinta colocação na Série B de 2013, após a 13ª rodada – novamente não se encontrava no G-4 por ter um triunfo a menos em relação ao Sampaio Corrêa, quarto lugar da época. O Gigante da Colina tinha 22 pontos, com cinco vitórias, sete empates e uma derrota (18 gols marcados e oito sofridos). No fim, o Vasco subiu na terceira colocação.

MAIS! Jorge Salgado dá boas-vindas a Lisca

Publicidade

Já em 2016, o Vasco liderava a Série B neste recorte, com 28 pontos, três a mais do que o Atlético-GO, então vice-líder. O Gigante da Colina, em 13 rodadas, havia vencido nove jogos, empatado um e perdido três, com 23 gols marcados e 13 sofridos. O clube carioca, no fim, subiu na terceira colocação.

A torcida vascaína deposita as esperanças em Lisca e torce para o comandante liderar uma arrancada rumo ao G-4 da Série B e à elite do Brasileiro.

Comentários