Publicidade

O técnico Fernando Diniz assumiu o comando do Vasco neste domingo, mas terá pouco tempo para reverter a situação do time na Série B do Brasileiro. Com o fim da 23ª rodada e todas as equipes com o mesmo número de jogos, o Cruzmaltino aparece em 10º lugar na tabela de classificação.

A derrota para o Avaí-SC deixou o Vasco a oito pontos do G-4, o grupo de acesso à Série A. Entretanto, na quarta posição está o CRB-AL, adversário do Cruzmaltino nesta quinta-feira, em Maceió. O confronto diante de um adversário direto, então, assume ares de decisão.

Fernando Diniz teve primeira conversa com elenco neste domingo (Divulgação/Vasco)

Segundo o site “Infobola”, do matemático Tristão Garcia, o Vasco tem apenas 4% de chances de estar na primeira divisão em 2022. No momento, os favoritos ao acesso são o Coritiba (92%), Goiás (79%), Botafogo (74%) e CRB (55%).

Publicidade

A diretoria vascaína ainda trabalha por reforços, mas a esta altura dificilmente eles poderão fazer grande diferença. O Vasco tem que conseguir um bom aproveitamento nos próximos quatro jogos para voltar a briga pelo acesso.

Leia Também:

Cano minimiza jejum: ‘Já passei várias vezes na minha carreira’

Protesto acaba com invasão em São Januário

Publicidade

A primeira providência será, portanto, derrotar o CRB na quinta-feira. Na sequência, o Vasco terá outra partida duríssima contra o embalado Cruzeiro de Vanderlei Luxemburgo, em São Januário. Depois virão o Brusque fora de casa e o atual vice-líder Goiás, em casa.

Uma das surpresas desta Série B, o CRB perdeu a primeira partida como mandante na competição no último sábado, diante do Goiás. Após a partida, o técnico Allan Aal afirmou que o time não pode se abalar e projetou recuperar os pontos contra o Vasco.

– Tem que servir da aprendizado pra todos nós. E não esquecer as dificuldades da Série B. Valorizar tudo que está sendo feito até agora, erguer a cabeça, trabalhar, recuperar os jogadores para que contra o Vasco recuperemos esses pontos que perdemos hoje – afirmou em coletiva.

Relacionadas

Fernando Diniz treino Vasco
Cano Vasco

Publicidade

A temporada vascaína está, portanto, por um fio. Ou o time reage rapidamente com Fernando Diniz e inicia uma arrancada, ou a crise vai se aprofundar.

Comentários