Publicidade

O Vasco não está atuando em muitas frentes no mercado em termos de jogadores. Isso porque o presidente Jorge Salgado pretende anunciar primeiro o diretor de futebol, aguardar ainda este contratar um técnico e só depois ir em busca de reforços ou negociar contratos com nomes do plantel. Entretanto o Cruzmaltino está se mobilizando para tentar prorrogar o empréstimo do atacante Daniel Amorim. Segundo o MAIS QUE UM JOGO apurou, o Cruzmaltino já trabalha em um cenário sem Germán Cano para 20222.

Cano tem contrato somente até dezembro. Sem o acesso para a Série A, o Vasco vai ter um baque ainda maior em suas receitas. Assim vai ser complicado ser competitivo e o jogador argentino desperta o interesse de outros clubes. Com 99 jogos pelo Vasco, Cano tem 43 tentos e é um dos principais ídolos da torcida.

Daniel Amorim Vasco Daniel Amorim aproveitou as chances que teve (Foto: Rafael Ribeiro / Vasco)

Para manter Cano o Vasco terá que oferecer uma valorização salarial. Dificilmente o argentino vai aceitar uma redução. Mas os dirigentes sabem que não há dinheiro em caixa para isso e ainda será preciso investir em reforços.

MAIS! Vasco só vai buscar novo técnico em janeiro

Publicidade

Assim o Vasco iniciou conversas com a Tombense, dona dos direitos federativos de Daniel Amorim, pela prorrogação do empréstimo. O clube mineiro não vai criar problemas para ceder o jogador, de 32 anos e hoje considerado reserva imediato de Cano. Mas resta saber se a torcida vai se empolgar com esta realidade.

Relacionadas

Comentários