Publicidade

Um jovem atacante português, de apenas 19 anos, foi a contratação mais cara desta janela do mercado da bola. João Félix é o nome da fera. Você lembra os reforços mais caros das últimas dez temporadas?

A lista, de acordo com dados do site “Transfermarkt”, tem craques de renome, como Mbappé, Neymar, Pogba, Cristiano Ronaldo…

Os reforços mais caros das últimas dez temporadas

Temporada 2018/2019

Na última temporada, Mbappé foi o atleta mais caro. Ele foi contratado em definitivo pelo Paris Saint-Germain, junto ao Monaco, por 135 milhões de euros (R$ 615 milhões, na cotação atual).

Publicidade

Temporada 2017/2018

Neymar se tornou o jogador mais caro da história do mercado da bola. O PSG pagou a multa de 222 milhões de euros (R$ 1 bilhão, na cotação atual) e tirou o brasileiro do Barcelona.

Temporada 2016/2017

Publicidade

O Manchester United buscou Pogba na Juventus e desembolsou 105 milhões de euros (R$ 478 milhões, na cotação atual).

Temporada 2015/2016

O Manchester City contratou De Bruyne junto ao Wolfsburg, da Alemanha, por 76 milhões de euros (R$ 346 milhões, na cotação atual).

Publicidade

Temporada 2014/2015

O Barcelona tirou Suárez do Liverpool por 81,72 milhões de euros (R$ 372 milhões, na cotação atual).

Suárez chegou ao Barcelona em 2014, após se destacar no Liverpool (Divulgação Barcelona)

Temporada 2013/2014

Publicidade

Bale desembarcou no Real Madrid naquela temporada. Ele deixou o Tottenham e custou ao clube espanhol 101 milhões de euros (R$ 460 milhões, na cotação atual).

Temporada 2012/2013

Para tirar Thiago Silva do Milan, o Paris Saint-Germain pagou 42 milhões de euros (R$ 191 milhões, na cotação atual).

Publicidade

Temporada 2011/2012

O Paris Saint-Germain buscou o argentino Pastore no Palermo e desembolsou 42 milhões de euros (R$ 191 milhões, na cotação atual).

Temporada 2010/2011

Publicidade

Fernando Torres trocou o Liverpool pelo Chelsea. Ele custou 58,5 milhões de euros (R$ 266 milhões, na cotação atual).

Temporada 2009/2010

O Real Madrid pagou 94 milhões de euros (R$ 428 milhões, na cotação atual) ao Manchester United para ter Cristiano Ronaldo.

Publicidade