Publicidade

Elas estão sempre presentes na vida dos filhos, entretanto, isso não é diferente no caso daqueles que vivem da bola. Neste Dia das Mães o MQJ separou algumas lembranças especiais de momentos que marcaram a relação de jogadores famosos com as respectivas. A pergunta que não quer calar: eles seriam o que são sem elas?

Robinho

Dona Marina e Robinho chegam à varanda para falar com a imprensa – Reprodução

Em 6 de novembro de 2004, Marina da Silva Souza, mãe do atacante Robinho foi seqüestrada por dois homens armados durante festa em uma casa em Praia Grande, cidade litorânea próxima a Santos. Foram 41 dias em cativeiro. No entanto, ela foi liberada às vésperas da rodada final do Campeonato Brasileiro daquele ano. No fim da história, o Santos de Robinho foi campeão. O jogador chegou a pagar resgate de R$ 200 mil, mas o crime foi desvendado e os integrantes da quadrilha presos.

Romário

Romário e Dona Lita

Dona Lita, mãe de Romário movimentou um país inteiro depois que pediu em vão a convocação de seu filho para disputar a Copa do Mundo de 2002. Em entrevista publicada nesta sexta-feira no jornal carioca O Dia, ela criticou o então técnico da Seleção Brasileira, Luiz Felipe Scolari. “Estou com muita raiva do Felipão. Ele é cabeça dura, e não gosta de quem faz gol. Deve estar esperando o Brasil ser desclassificado para convocar o Romário”, disse dona Lita. “Quando não falaram o nome do meu filho, fiquei revoltada. É sacanagem do treinador, que tem implicância com o Romário.”

Gabriel Jesus

Gabriel Jesus e sua mãe, Dona Vera Gabriel Jesus e sua mãe, Dona Vera: alô, mãe! – Instagram

Publicidade

A comemoração de Gabriel Jesus simulando um telefonema a cada gol é a marca registrada do jogador do Manchester City. O ato é uma homenagem a sua mãe, Vera Lúcia de Diniz Jesus.  “Quando eu pego o telefone é em homenagem à minha mãe e à nossa luta”, explica o jogador. Fato é que Dona Vera chegou a virar personagem de comercial de uma operadora graças ao gesto do filho. Aconteceu em 2017, mas a peça publicitária influenciou uma decisão inédita da Fifa, que queria punir jogadores que comemorassem gols com coreografias. Interesses comerciais envolvidos?

Neymar

Neymar, sua mãe Nadine e o filho Davi Lucca – Instagram

No mês passado, Dona Nadine, de 53 anos, tornou público seu relacionamento com o modelo Tiago Ramos, de 23 anos. A notícia virou manchete em boa parte da mídia, no Brasil e no mundo. Isso depois que as preferências sexuais do rapaz começaram a circular pela imprensa. Tiago é bissexual e teve um romance a três com um casal gay. Nadine e o jovem teriam se separado, entretanto há quem diga que estão dando “apenas um tempo” para esperar a poeira baixar.

Cristiano Ronaldo

Cristiano Ronaldo e sua mãe, Maria Dolores – Instragram

O craque da Juventus estava mantendo a forma em isolamento social, no arquipélago da Madeira, local de sua origem. De lá, partiu para a Itália, a fim de retomar – provavelmente – as atividades com seu atual clube. No entanto, ele aproveitou sua estadia em casa para lembrar de sua mãe, Dolores Aveiro. Deu de presente um belo Mercedes GLC Coupé para ela. O valor estimado do carro é de 100 mil euros. Algo em torno de R$ 600 mil. “Obrigada aos meus filhos pelos presentes que hoje recebi. Feliz dia para todas as mães”, diz a mensagem publicada no perfil de Dolores no Instagram.

Leia também: