Publicidade

Janela fechada na Premier League. O período para contratar terminou nesta quinta-feira. Os clubes da Inglaterra movimentaram 1,41 bilhão de euros (R$ 6,2 bilhões) em reforços. O atleta mais caro foi o goleiro Kepa, adquirido pelo Chelsea por 80 milhões de euros (R$ 351 milhões). E nas últimas dez janelas? Veja os jogadores mais caros das últimas temporadas.

LEIA MAIS

De Kepa a CR7: os mais caros por posição na janela de transferências
Kepa se torna o reforço mais caro da história do Chelsea: veja o Top 10
Doze jogadores que trabalharam com Guardiola e Mourinho
Agüero, CR7, Messi… atletas que passaram dos 200 gols por um clube

Kepa: temporada 2018/2019

Publicidade

O Chelsea escolheu Kepa como substituto de Courtois, que foi para o Real Madrid. O clube inglês pagou a multa rescisória de 80 milhões de euros (R$ 351 milhões) ao Athletic de Bilbao pelo goleiro espanhol de 23 anos.

Lukaku: temporada 2017/2018

O jogador mais caro da última temporada foi o centroavante belga Lukaku. Para tirá-lo do Everton, o Manchester United pagou 84,7 milhões de euros (R$ 372 milhões, na cotação atual).

Publicidade

Pogba: temporada 2016/2017

Única contratação da Premier League que superou a casa dos 100 milhões de euros. O Manchester United, para tirar o volante francês da Juventus, pagou 105 milhões de euros (R$ 461 milhões, na cotação atual).

Kevin De Bruyne: temporada 2015/2016

Publicidade

O Manchester City desembolsou 76 milhões de euros (R$ 334 milhões, na cotação atual) pelo meia belga. De Bruyne defendia o Wolfsburg, da Alemanha.

Di María: temporada 2014/2015

O meia argentino trocou o Real Madrid pelo Manchester United. A transação foi de 75 milhões de euros (R$ 329 milhões, na cotação atual).

Publicidade

Özil: temporada 2013/2014

Outro atleta que saiu do Real Madrid e foi para Premier League, Özil foi contratado pelo Arsenal por 47 milhões de euros (R$ 206 milhões, na cotação atual).

Van Persie: temporada 2012/2013

Publicidade

O Manchester United tirou o centroavante holandês do Arsenal numa negociação de 30,7 milhões de euros (R$ 134 milhões, na cotação atual).

Agüero: temporada 2011/2012

O atacante argentino, que recentemente passou dos 200 gols pelo Manchester City, foi contratado, junto ao Atlético de Madrid, por 40 milhões de euros (R$ 175 milhões, na cotação atual).

Publicidade

Fernando Torres: temporada 2010/2011

O Chelsea tirou o atacante espanhol do Liverpool por 58,5 milhões de euros (R$ 257 milhões, na cotação atual).

Tévez e Adebayor: temporada 2009/2010

Publicidade

O Manchester City investiu pesadamente no ataque e contratou Tévez, junto ao West Ham, e Adebayor, junto ao Arsenal. Cada um custou 29 milhões de euros (R$ 127 milhões, na cotação atual).

* Dados “Transfermarkt”