Publicidade

Leo Messi deu uma entrevista ao jornal Marca depois de receber seu sétimo Pichichi, prêmio da La Liga ao artilheiro da temporada. Embora comedido, o argentino foi ambicioso: “Vamos tentar ganhar tudo”, disse a estrela do Barcelona. Messi, que mudou de postura nos últimos dias, disse que o time está crescendo aos poucos.

“É verdade que demoramos um pouco para entrar no campeonato. Não deveríamos ter deixado escapar tantos pontos. Acho que merecemos mais nos jogos que disputamos nos campos do Alavés ou do Getafe, e também contra o Real Madrid, no Camp Nou. Nesses três jogos criamos muitas chances de gol, mas se tivéssemos convertido a situação e os jogos teriam mudado”, disse.

Lionel Messi é figura central nas eleições do Barcelona, que no entanto nem começaram Lionel Messi entende que o Barcelona está melhorando aos poucos – Foto: J. BASSA/AFP via Getty Images

Messi não tem a fórmula para mudar a situação atual, mas sabe o que fazer primeiro:

Publicidade

“Agora o importante é conseguir uma série de bons resultados em alguns jogos seguidos para chegar lá. A competição é muito longa e com a pandemia todos os jogos são muito difíceis. A verdade é que o futebol mudou e é difícil para qualquer um Mas aos poucos vamos nos acalmando e entrando na disputa”.

Messi voltou a lamentar a falta de público nos estádios.

“Muito, muito difícil. É horrível jogar sem público, uma sensação muito fria. Não ver ninguém no estádio é como treinar e demora muito para entrar no jogo desde o início. A verdade é que fica muito feio e é por isso que vemos partidas muito uniformes. É muito difícil vencer. A pandemia fez com que o futebol mudasse muito e para pior. Espero que tudo isso se resolva e a gente consiga colocar as pessoas de volta nos estádios”, finalizou.

Leia também

Publicidade

Mudança de comportamento de Messi pode garantir argentino no Barcelona

Segunda Divisão da Espanha já tem gol para o próximo Prêmio Puskás