Publicidade

Técnico da Espanha, Luis Enrique demonstrou que pode se reforçar com um brasileiro em breve. O treinador está animado com a possibilidade de poder convocar o zagueiro Gabriel Paulista, do Valencia, que está perto de conseguir o passaporte espanhol.

Luis Enrique Espanha Luis Enrique elogia Gabriel Paulista | Foto: Twitter da Seleção da Espanha / Divulgação

“Quando Gabriel Paulista jurar a constituição será uma grande notícia para mim. Quantos mais jogadores de nível tenha para escolher, melhor. Seu nível é conhecido por todos”, declarou Luis Enrique, nesta quinta-feira, após o sorteio que definiu a Itália como rival da Espanha na semifinal da Liga das Nações.

LEIA MAIS! Neymar e Messi empurram Mbappé para o Real Madrid. Entenda!

Publicidade

O zagueiro brasileiro foi tema da coletiva justamente por estar na reta final do processo para obter o passaporte espanhol. Além disso, Gabriel Paulista declarou que vai buscar jogar uma Eurocopa pela Espanha.

MAIS! O que o PSG pode oferecer para seduzir Messi a reeditar parceria com Neymar

“Vou continuar a trabalhar muito com a camisa do Valencia e espero chamar a atenção do técnico da Espanha. Quero jogar pela seleção espanhola e disputar uma Eurocopa defendendo a Espanha”, afirmou Gabriel Paulista.

Gabriel Paulista Valencia Espanha Gabriel Paulista está de olho em vaga na seleção da Espanha | Foto: VCF Media / Divulgação

Publicidade

Gabriel Paulista, nascido em São Paulo, foi para a Espanha na temporada 2013/2014, depois de defender o Vitória aqui no Brasil. O primeiro clube espanhol do zagueiro foi o Villarreal. Depois, ele foi para o Arsenal. Na temporada 2017/2018, desembarcou no Valencia.

Luis Enrique recorda de Maradona na Espanha

O técnico espanhol também falou sobre Maradona. Ex-jogador do Barcelona, Luis Enrique demonstrou admiração por Diego.

“Foi uma referência. Ainda que possa soar injusto, foi um jogador capaz de ganhar um Mundial praticamente sozinho. Uma figura única dentro e fora de campo. Tive a sorte de jogar contra ele, quando ele estava no Sevilla. Agora é um mito”, acrescentou.