Publicidade

Rivaldo foi o melhor do mundo em 1999 (Foto: Arquivo Barcelona) Rivaldo foi o melhor do mundo em 1999 (Foto: Arquivo Barcelona)

Depois de Renato Gaúcho, agora é Rivaldo quem questiona a qualidade do futebol da atual geração. O técnico do Grêmio, durante a disputa do Mundial de clubes, disse que era “melhor do que Cristiano Ronaldo” quando jogava. A declaração causou polêmica.

Nesta terça-feira, em evento promocional realizado no Camp Nou, Rivaldo, ex-jogador do Barcelona, foi mais abrangente. Disse que, “se jogasse hoje, ganharia mais de uma Bola de Ouro”. Vale lembrar que, na carreira, o brasileiro faturou o prêmio de melhor jogador do mundo em 1999.

Publicidade

LEIA MAIS

Flamengo deve ser punido de forma pesada pela Conmebol
Arena da Baixada recebe selo internacional de sustentabilidade
Craques se aposentaram em 2017: Kaká aumenta a lista
Real Madrid iguala feito de Santos, São Paulo e dupla italiana no Mundial de Clubes

“No meu tempo havia muitos jogadores como Figo, Del Piero, Totti. Agora, só se fala em Cristiano Ronaldo e Messi. Acho que isso mostra que os outros não são tão bons. Se eles têm muito mais gols do que jogos, algo está errado. Embora admire os dois, entendo que é um sinal de que as coisas não estão bem na Liga”, disse o brasileiro.

Panos quentes

Publicidade

Apesar das palavras, Rivaldo garantiu que não quer levantar polêmica. Assim, amenizou o discurso ao afirmar que, “em outra época tanto Messi quanto Cristiano estariam disputando a Bola de Ouro”.

“Hoje já se fala um pouquinho do Neymar. Mas não há tantos jogadores de qualidade quanto antes”, finalizou.