Publicidade

O mundo do futebol movimenta cada vez mais dinheiro. E o mercado da bola, nesta década que se encerra, viu os valores atingirem a um patamar elevado, de 2011 a 2020. A ida de Neymar para o PSG foi um “divisor de águas” e balançou as estruturas. A partir dali, mais sete atletas passaram da casa dos 100 milhões de euros.

LEIA MAIS! A estratégia do Real Madrid para tirar Mbappé do PSG. Confira!

O Mais Que Um Jogo listou as 20 transações mais caras da década. Neymar, que se transformou no jogador mais caro da história, aparece duas vezes. Além dele, Philippe Coutinho é outro representante brasileiro.

Publicidade

O Barcelona é o recordista desta lista, com seis das 20 maiores transferências do mercado da bola da década. Juventus e Manchester United, com três nomes, cada, aparecem na segunda colocação entre os clubes que mais investiram de 2011 a 2020.

As 20 transações mais caras do mercado da bola na década

1ª – Neymar

O PSG impressionou o mundo ao tirar Neymar do Barcelona, na temporada 2017/2018. O clube francês pagou a multa rescisória de 222 milhões de euros (R$ 1,3 bilhão, na cotação atual).

Neymar é o mais caro da história | Foto: Divulgação

2ª – Mbappé

Não satisfeito, em 2018/2019, o PSG efetuou a opção de compra de Mbappé, junto ao Monaco, e pagou 145 milhões de euros (R$ 904 milhões, na cotação atual) pelo atacante francês.

Mbappé é o segundo da lista | Foto: Divulgação

2ª – Philippe Coutinho

Publicidade

O Barcelona precisou de jogo de cintura e de muita grana para tirar o meia-atacante do Liverpool, na temporada 2017/2018. Coutinho custou 145 milhões de euros (R$ 904 milhões, na cotação atual).

Philippe Coutinho na chegada ao Barcelona | Foto: Divulgação Barcelona

4ª – Dembélé

Foi a escolha do Barcelona para suprir a saída de Neymar. Para tirá-lo do Borussia Dortmund, o Barça pagou 130 milhões de euros (R$ 810 milhões, na cotação atual) por Dembélé.

Dembélé foi contratado como substituto de Neymar | Foto: Divulgação

5ª – João Félix

Na última temporada, o Atlético de Madrid pagou a multa rescisória de 127 milhões de euros (R$ 792 milhões, na cotação atual) e contratou o jovem atacante português, junto ao Benfica.

João Félix atlético de Madrid mercado da bola João Félix nos primeiros dias de clube | Foto: Divulgação

6ª – Griezmann

Publicidade

O Barcelona pagou a multa rescisória de 120 milhões de euros (R$ 748 milhões, na cotação atual), na última temporada, e tirou Griezmann do Atlético de Madrid.

Griezmann era sonho antigo do Barcelona | Foto: Barcelona / Twitter

7ª – Cristiano Ronaldo

Na temporada 2018/2019, Cristiano Ronaldo trocou o Real Madrid pela Juventus. O clube italiano pagou 117 milhões de euros (R$ 729 milhões, na cotação atual) para contar com o craque português.

Cristiano ronaldo Juventus mercado da bola O anúncio da Juventus na contratação de CR7 | Foto: Divulgação

8ª – Hazard

O Real Madrid pagou 115 milhões de euros (R$ 717 milhões, na cotação atual) ao Chelsea, na última temporada, para contratar Hazard.

Hazard foi recebido por multidão | Foto: Divulgação

9ª – Pogba

Publicidade

O Manchester United foi buscar Pogba na Juventus, na temporada 2016/2017, ao custo de 105 milhões de euros (R$ 654 milhões, na cotação atual).

Pogba Manchester United mercado da bola O retorno de Pogba ao United | Foto: Divulgação

10ª – Bale

Na temporada 2013/2014, o Real Madrid pagou 101 milhões de euros (R$ 629 milhões, na cotação atual) ao Tottenham, para ter Bale.

Bale na chegada ao Real Madrid | Foto: Divulgação

11ª – Higuaín

O atacante argentino trocou o Napoli pela Juventus na temporada 2016/2017. Ele custou 90 milhões de euros (R$ 561 milhões, na cotação atual).

Higuaín Juventus mercado da bola Higuaín na ida para a Juventus | Foto: Divulgação

12ª – Neymar

Publicidade

Em 2013, o Barcelona contratou Neymar. O custo total da operação foi de 88,2 milhões de euros (R$ 550 milhões, na cotação atual).

Neymar brilhou com títulos e gols pelo Barcelona | Foto: Divulgação Barcelona

13ª – Harry Maguire

É o zagueiro mais caro da história do mercado da bola. Maguire trocou o Leicester pelo Manchester United na última temporada. Ele custou 87 milhões de euros (R$ 542 milhões, na cotação atual).

Maguire foi reforço de peso (Foto: Divulgação)

14ª – Frenkie De Jong

O volante holandês era cobiçado no mercado da bola e foi para o Barcelona na temporada 2019/2020. Ex-Ajax, De Jong foi contratado por 86 milhões de euros (R$ 536 milhões, na cotação atual).

De Jong quando assinou com Barcelona | Foto: Divulgação

15ª – De Ligt

Publicidade

Também revelação do Ajax, o zagueiro desembarcou na Juventus na última temporada. De Ligt custou 85 milhões de euros (R$ 530 milhões, na cotação atual).

O anúncio da Juventus | Foto: Divulgação

16ª – Lukaku

O centroavante belga trocou o Everton pelo Manchester United na temporada 2016/2017. A transação custou 84,7 milhões de euros (R$ 528 milhões, na cotação atual).

Lukaku na época de United | Foto: Manchester United / Divulgação

17ª – Van Dijk

O Liverpool tirou o zagueiro holandês do Southampton, na temporada 2017/2018. Van Dijk custou 84,65 milhões de euros (R$ 527 milhões, na cotação atual).

Van Dijk foi presente de Natal | Foto: Divulgação

18ª – Suárez

Publicidade

O Barcelona tirou o centroavante uruguaio do Liverpool na temporada 2014/2015, por 81,72 milhões de euros (R$ 509 milhões, na cotação atual).

Suárez Barcelona mercado da bola Suárez brilhou pelo Barcelona | Foto: Divulgação

19ª – Kai Havertz

Na janela de verão da Europa, o Chelsea tirou o meia alemão do Bayer Leverkusen. Havertz custou 80 milhões de euros (R$ 498 milhões, na cotação atual).

Havertz Chelsea Champions League Havertz era cobiçado no mercado da bola | Foto: Chelsea / Divulgação

19ª – Lucas Hernández

O lateral-esquerdo francês, que também atua na zaga, trocou o Atlético de Madrid pelo Bayern de Munique na última temporada. Ele também custou 80 milhões de euros (R$ 498 milhões, na cotação atual).

Lucas Hernández trocou o Atlético pelo Bayern (Foto: Divulgação)

19ª – Pépé

Publicidade

O Arsenal pagou 80 milhões de euros (R$ 498 milhões, na cotação atual) para contratar Pépé, junto ao Lille, na última temporada.

Pépé Arsenal mercado da bola Pépé é o reforço mais caro do clube inglês | Foto: Arsenal / Divulgação

19ª – Kepa

É o goleiro mais caro da história do mercado da bola. Para contratar Kepa, junto ao Athletic de Bilbao, na temporada 2018/2019, o Chelsea pagou 80 milhões de euros (R$ 498 milhões, na cotação atual).

Kepa Chelsea mercado da bola Kepa na chegada ao Chelsea | Foto: Divulgação