Publicidade

Famoso no Brasil por conta da parceria que possibilitou ao Corinthians a contratação do atacante argentino Carlos Tevez, o empresário iraniano Kia Joorabchian voltou aos holofotes por conta das incertezas envolvendo o meia brasileiro Philippe Coutinho. O jogador tem os direitos federativos ligados ao Barcelona, mas está emprestado ao Bayern de Munique. Como o clube alemão não vai exercer o direito de compra e os espanhóis não desejam o retorno, Coutinho virou uma das novelas da janela de transferências.

Kia Joorabchian segue em alta na Europa (Foto: Getty)

Kia Joorabchian ficou esquecido dos brasileiros por conta do processo que respondia por acusação de de lavagem de dinheiro e formação de quadrilha. Entretanto, foi inocentado e nada deve à Justiça do Brasil. Apesar do sumiço do noticiário em terras brasileiras, ele seguiu influente em alguns pontos da Europa. Principalmenmte na Inglaterra, onde emplacou Tevez no Manchester City e no Manchester United, por exemplo.

Leia também:

Publicidade

Barcelona consegue fundo para bancar Lautaro
Icardi no PSG é a maior transação da era da pandemia
Entenda porque Coutinho é peça-chave no momento do Barcelona

Agora, Kia Joorabchian tem usado a sua influência para levar Coutinho de volta para a Premier League. O jogador está no radar de Arsenal, Chelsea, Tottenham e Newcastle. E cabe a Kia definir seu futuro, o que justifica sua influência. Mas ele não se intimida com isso.

– O Coutinho deseja voltar um dia para a Premier League, onde foi muito feliz no Liverpool. Isso não significa que será necessariamente agora – disse o empresário iraniano ao canal ‘Sky Sports’.

Jogo de cintura nas negociações

Publicidade

Kia Joorabchian se revela ainda como um agente com jogo de cintura para trabalhar em várias frentes. A resposta acima, quando não crava a volta de Coutinho ao futebol inglês, é justamente para não fechar as portas no Bayern de Munique.

Kia e Tevez: parceria longa (Foto: Getty)

O agente iraniano entende que o Bayern de Munique pode ser a melhor opção para Coutinho, já que o Barcelona não quer o retorno do jogador. O clube alemão poderia negociar a redução dos valores pedidos pelo clube catalão pelo jogador. Cerca de 100 milhões de euros (aproximadamente R$ 600 milhões).

Kia tem estado em alta no mercado inglês por anos. Foi ele quem levou o volante Paulinho para o Tottenham. Também cuida da carreira do meia Ramíres, que defendeu o Chelsea, clube onde jogou também o meia Oscar, outro agenciado pelo iraniano. Kia também tem o volante Sandro e outros jogadores com passagem pela Premier League em sua carteira de clientes.

Fortuna contribui para influência de Kia Joorabchian

Publicidade

Além do bom relacionamento, Kia Joorabchian conseguiu acumular com sua carreira de sucesso como agente de jogadores uma pequena fortuna. Isso permite que ele tenha bala na agulha para promover alguns investimentos. A velha lógica de que “dinheiro atrai dinheiro”.

Recentemente o iraniano ofereceu 50 milhões de libras (hoje cerca de R$ 335 milhões) para comprar o Southampton, da Premier League. Aliás, alguns colunistas britânicos entendem que será questão de tempo para o iraniano ter ainda mais influência junto a clubes da Inglaterra. West Ham e Fulham foram alguns clubes que estiveram muito perto de passar as mãos do agente iraniano, que acabou não finalizando o acerto. Mas em algum momento essa influência vai se refletir em virar dono de um clube. O tempo mostrará.